Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

27/03/2012

Cura da alma através do Perdão


(Mateus 18:15-35)
Numerologia do perdão: 70x7. A matemática do Amor!
       O perdão da Igreja através das células de discipulado. Tem que haver o consenso comunitário.
       Na igreja acontece a “maquiagem” que impede o fluir do perdão genuíno; as pessoas tornam-se “panelas de pressão” ambulante. Ou seja, retém sentimentos, mágoas. Para a panela de pressão não explodir, tem que sair a pressão e quem faz isso é o Espírito Santo, quando Ele nos preenche, a pressão sai.
       O perdão nos faz pessoas mais míopes! Coloca nossos olhos numa dimensão diferente em que só percebemos o que Deus quer que vejamos. As provas vão acontecer até que aprendamos a perdoar. É o que chamamos de “recuperação”, “atualização de conteúdos”.
       O alvo de Deus é que tenhamos afeto, comunhão. É permitir em nosso coração que a pessoa nasça de novo!
Seis realidades do padrão do Perdão:
 
1)- Todos nós somos devedores;
2)- Todos nós somos perdoados por Graça;
3)- Tudo o que nosso próximo nos deve é muito menos do que devemos a Deus;
4)- Não perdoar o próximo é tratá-lo como Deus não nos tratou;
5)- Temos o nosso compromisso de perdoar;
6)- Quem não perdoa coloca-se debaixo do juízo de Deus outra vez. É ficar nas mãos dos verdugos.
 
       Quem não perdoa se coloca na prisão; fica em cadeias! Atrai maldição para si. Isso traz pressão alta, diabetes, etc. Quem não perdoa vive no desejo de vingança. O perdão proporciona alívio, paz para nossa alma.
 
O que não é Perdão!
 
a)- Não é dizer “tudo bem”, “tudo certo”;
b)- É não cobrir o erro, colocar panos quentes;
c)- Não é tentar explicar e assumir o próprio erro.
 
Dois erros no modo de pedir perdão:
 
a)- “Mas perdoe, mas você também...” Isso é perdoar seguido de justificativa.
b)- “Perdoe-me se eu ofendi você”. Isso é não ter consciência do que fez.
 
O que é Perdão então?
 
       É uma decisão! É enxergar além dos erros e das neuroses. É uma questão de percepção e se permitir mudar à maneira do nosso olhar.
       Perdão é uma questão de processo. É estar sensível na evolução na vida da pessoa. Perdão é uma questão de estilo de vida; Perdão é a “doce vingança” do crente.
       Perdão é restabelecer ao outro a posição anterior que tinha. Ex: É o que Jesus fez com Pedro: “Apascenta as minhas ovelhas”. Ou seja, colocou Pedro na posição inicial quando ele o encontrou na praia e o chamou a ser pescador de almas!
       O nosso presente será sempre fruto do investimento que fiz no meu coração.
__________________________________
Achei este estudo devocional maravilhoso,muito estupendamente valioso... e resolvi transcrever aqui...
Transcristo de Igreja Metodista Betel

24/03/2012

Enoque Andou com Deus

Leia Gn. 5:24


INTRODUÇÃO

Vivemos no meio de uma geração que tem sido formada por um tipo de “evangelho fácil”!
a. Sem arrependimento
b. Sem compromisso (um Jesus em “promoção”)
c. Sem profundidade
d. Sem transformação e sem poder (plenitude).
e. Sem santidade

Mas Deus chama homens e mulheres (jovens) para andar com Ele. Não é um andar na carne e nem numa dimensão física, mas andar no espírito, numa dimensão sobrenatural.



1º “ANDOU ENOQUE COM DEUS”

1. Pv 30.18,19ª: 
“Há três coisas que são maravilhosas demais para mim, sim, há quatro que não entendo: o caminho da águia no céu…”

a. O caminho da águia no céu é mais alto do que o pensamento do sábio! Está acima da compreensão humana que é limitada.
b. Esse caminho é um caminhar no sobrenatural. Assim como a águia, fomos feitos para as “alturas”!
c. É um caminho nas alturas, acima de qualquer tempestade ou predador. Esse caminho permite à águia ter uma visão aguçada e sensível.
d. A águia faz o seu ninho nas mais altas rochas (Jó 39.27). A águia só vê o mundo da perspectiva de quem está em cima! Assim é quando andamos com Deus!!

2. Esse andar significa caminhar com Deus diariamente (365 dias por ano) – Gn 5.23 
“ E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos.”

3. Sl 103:7: “Manifestou os seus caminhos a Moisés e os seus feitos aos filhos de Israel” – Moisés descobriu os “caminhos” de Deus e andou neles.

Os “feitos” tem a ver com aquilo que Deus Faz (suas mãos);
Os “caminhos” tem a ver com aquilo que Deus é (sua face).

4. Andar com Deus não significa em clausura ou isolamento, mas ter intimidade com Ele, mesmo vivendo em um mundo iníquo .Noé: Gn 6.1-9 
“Estas são as gerações de Noé. Noé era homem justo e perfeito em suas gerações; Noé andava com Deus.”

5. Não significa que o caminho será fácil, mas que continuarei a andar com Ele mesmo entre os espinhos e os obstáculos.

6. Andar com Deus implica em caminhar com a consciência/ compreensão que estou na presença d’Ele 24 horas por dia:
Abraão: Gn 24.40: 
“Ele me disse: O SENHOR, em cuja presença eu ando…” Gn 17:1:“Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito”.

2º. “E JÁ NÃO ERA”

1. Quando andamos com Deus, já não existimos mais.

Diminuímos até que Deus nos toma para si.

João Batista:
Jo 3:30: 
“Convém que ele cresça e que eu diminua”
Mt 11:11: “
Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista…”

a. Foi porque João aprendeu a diminuir quando Jesus o chamou de o “maior” entre os nascidos de mulher.
b. No meio de uma geração onde muitos procuram “brilhar”, Deus procura homens e mulheres que manifestem apenas a glória de Cristo.

Paulo:
Gl 2.19b,20. A cruz apaga a glória do homem e faz resplandecer a glória de Deus: “já não sou eu”!!Revista e corrigida:
Gn 5:24: 
“E andou Enoque com Deus; e não se viu [mais,] porquanto Deus [para si] o tomou”

3º. “PORQUE DEUS O TOMOU PARA SI”

1. Andar com Deus significa que aprofundamos a nossa intimidade com Ele a tal ponto, que Ele aproxima-nos da Sua presença.

a. Intimidade com Deus.

2. Creio que além do sentido literal que essa declaração tem, espiritualmente, quando caminhamos com Deus, Ele traz-nos para perto d’Ele a fim de ocuparmos um lugar de intimidade.

CONCLUSÃO

Sl 143:7: 
“Dá-te pressa, SENHOR, em responder-me; o espírito me desfalece; não me escondas a tua face, para que eu não me torne como os que baixam à cova”
_______________________________________________________________________
Recebi este estudo por email e o achei profundo demais... Assim sendo, resolvi compartilhar com vocês... Deus os abençoe...

DIVERSOS TIPOS DE PROFETAS

Mateus 24:24 “Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. 
II Pedro 2:1 “E também houve entre o povo falsos profetas...”

Dentro das chamadas igrejas hoje têm mais profetas do que no tempo da dispensação da Lei lá em Israel... tem profetas de todos os tipos.. me ajudem ai a fazer lista de alguns tipos:

- PROFETA TOP DE LINHA: É aquele(a) que se acha especial de mais, que se acha o melhor de todos, despreza os demais tipos de profetas, ninguém pode profetizar para este tipo, a não ser que seja "autorizado" pelo mesmo, Suas profecias são mais valiosas do que as próprias palavras da Bíblia Sagrada.

- PROFETA MADE IN U.S.A.: Quer profetizar em inglês, na igreja, aqui mesmo no nosso maravilhoso pais...Este tipo de profeta fala que a profecia em inglês tem mais valor social...
- PROFETA DO CONCEERTO: Só sabe entregar mensagens de concerto para a vida dos outros, para este todos estão em pecado e só sabe profetizar palavras de concerto e acusar os outros de pecados. Um dia vi um profeta deste profetizar para um menino de seis anos de idade mandando o mesmo parar de cobiçar as mulheres da igreja...

- PROFETA AGENTE DE TURISMO: Só entrega profecias de viagens estranhas...

- PROFETA CASAMENTEIRO: Só entrega profecias de casamentos, mesmo que a pessoa a receber a profecia já seja casada. È o profeta que quer tirar o emprego do Santo Antônio.

- PROFETA DE DESGRAÇA: suas profecias não trazem nenhuma promessa de benção, só profetiza desgraças e coisas ruins na vida dos outros.

- PROFETA DA PROSPERIDADE: É exatamente o oposto do profeta da desgraça. Suas profecias são só de bênçãos.

- PROFETA DOS ANJOS: nas profecias deste tais, é anjo que cura, anjo que unge, anjo que faz crescer (só não sei o que vai crescer..), Anjo do toque (será este anjo algum ginecologista?) Anjo que vai e que vem (deve ser telefone publico), já vi falarem ate um tal de anjo do celular... (será que é da TIM?).. e anjos e mais anjos...

- PROFETA DA MACUMBA: Suas profecias só falam de macumbaria aqui, macumbaria ali, acolá e por ai vai, mas em nenhum momento fala que o poder da macumba vai cair diante do poder de Deus.

- PROFETA DA DERRUBADA: este profeta vive de igreja em igreja profetizando queda de seus lideres...

- PROFETA DA MORTE: este é perigoso, pois mata qualquer um com suas profecias de morte.

- PROFETA PASSA-O-RODO: Ele chega, na maioria das vezes, para a pessoa do sexo oposto (as vezes até para as do mesmo sexo) e fala que Deus esta pondo uma aliança na mão da pessoa e do próprio profeta, e que dali para a frente os dois (o profeta e o profetizado) terão de andar juntos... logo logo acontece um envolvimento mais intimo e ai o profeta fala que a aliança esta desfeita, e ai o profeta parte em busca de outra aliança.

- PROFETA PORTEIRO: Suas profecias só tem portas abertas para isso ou aquilo, nunca têm outro conteúdo e nem protas fechadas.

- PROFETA DA DISPENSAÇÃO: Não reúne em igreja de ninguém pois  ele alega estar na “dispensação”, sem reunir por ordem de Deus...

- PROFETA METEOROLOGISTA: Suas profecias tem muitas nuvens, de todas as cores: brancas, negras, marrons, vermelhas, transparentes...

- PROFETA DO PRUMO: tem prumo para todos na igreja (menos para este profeta)...

-PROFETA AÇOUGUEIRO: para este profeta, todos estão na “carne”, até mesmo os obreiros do púlpito, onde o profeta afirma ver pedaços de carne sobrevoando o altar... Só ele, o próprio profeta, está no “espirito”...

- PROFETA ANDARILHO: não para em lugar nenhum, ora esta aqui, ora está ali, sem paradeiro...

- PROFETA HOSPÉDE: chega na tua casa e arma a barraca, fica ali longo período, alegando que Deus o pôs ali para uma obra... a única obra que se ve ali com a permanência dele é o aumento das despesas e conflitos dentro de  casa... Isto quando ele não se torna um PASSA-O-RODO e deixa aquele escândalo e prejuízo dentro das famílias.     

- PROFETA OPORTUNISTA ou JOGADOR: ele observa a tudo, e espera o momento certo para vir com a “palavra certa”... mas esta palavra certa não vêm por revelação e sim por causa de sua observação previamente feita...

E por ai vai...

São tantos tipos que eu até me perco... mas eu não poderia deixar de falar de um tipo raro de profeta (ao contrário dos tipos acima descritos, pois estão são muito comuns em nosso meio):

O PROFETA VERDADEIRO: Ele reúne em igrejas sérias, é dizimista, tem excelente testemunho, tem fé, tem compromisso com a Palavra de Deus, tem vida no altar de Deus, tem amor pelas almas e tem compromisso de FALAR EXATAMENTE AQUILO QUE DEUS MANDAR, sem acrescentar nada e nem diminuir nada da revelação de Deus. Este profeta  busca agradar SOMENTE  a Deus, nãos e corrompe com nenhum tipo de suborno e nem com o mundanismo, sua prioridade na obra é a salvação de  almas. Respeita os líderes e os princípios da igreja, suas mensagens se enquadram no objetivo da profecia: exortar, consolar e edificar. Suas mensagens são para glorificação do nome de Deus. É uma pessoa de oração e vigilância, é alguém realmente chamado pro Deus. Estes profetas não tem medo de quando alguém resolve fazer prova com Deus... pois eles sabem que Deus os honrará!.

A pergunta para os que se julgam profetas é:

EM QUAL DESTES TIPOS VOCÊ SE ENQUADRA?

João 4:1 – “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo."


01/03/2012

O Tribunal de Cristo

O tribunal de Cristo é o lugar onde Cristo julgará os cristãos, imediatamente após o arrebatamento, com base na sua conduta como crentes, com o resultado que alguns receberão galardões e outros sentirão a perda de prêmios por omissão.
Acontecerá logo após o encontro inicial com o Salvador. O caso a ser tratado não se refere ao estado "salvo" ou "perdido" dos réus, porque somente aqueles já pertencentes à igreja serão julgados neste tempo. Quem não creu em Cristo como Salvador pessoal e que não foi justificado pelo Pai não estará presente. O assunto será outro, a conduta de vida de cada pessoa desde que se converteu á Cristo.
O termo usado nas Escrituras para se referir a esta ocasião é "o tribunal de Cristo"; emprega-se em 2 Co 5:10 e Rm 14:10. O "tribunal" (grego - bema) do mundo Grego e Romano era o lugar onde um juiz sentava. Por exemplo, usa-se a palavra "bema" do lugar onde Pilatos sentou quando se pronunciou sobre Cristo (Mt 27:19; Jo 19:13) e do lugar onde Gálio sentou quando Paulo foi levado perante ele em Corinto (At 18:12,16; cf. 25:6). Então, o tribunal de Cristo será o lugar onde Cristo promulgará julgamento aos santos arrebatados, glorificados da igreja.

A Necessidade do tribunal

As escrituras são bem claras que todos os homens salvos ou perdidos, são responsáveis perante Deus. Isto significa que deverá haver um período de julgamento para cada pessoa.
O tribunal de Cristo é onde isso vai acontecer para os salvos. Várias passagens indicam a necessidade desta ocasião de juízo.
Em Mateus 12:36, Jesus diz que "toda palavra frívola que proferirem os homens" será chamada à prestação de contas; isto é uma declaração geral, na certa se referindo aos salvos e perdidos.
Em Gálatas 6:7, Paulo dá o princípio que todos vão colher o que semearam. E em Colossenses 3:24,25, Paulo fala em particular aos cristãos quando diz que os que servirem bem ao Senhor receberão "do Senhor a recompensa da herança”, mas os que fizerem errado colherão pelo errado que fizeram.
E mais, ambos os textos mencionados e identificados na ocasião são significantes. Romanos 14:10-12 diz que “cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus", referindo claramente aos cristãos. Indica que ninguém estará isento nesta questão.
O mesmo pensamento é expressada em 2 Coríntios 5:10 com as palavras: "Importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo".

O tempo do julgamento

Este julgamento de cristãos acontecerá logo após o arrebatamento e certamente durante o período de sete anos de tribulação:
Em primeiro lugar, é sustentado por dedução lógica. Se crentes hão de ser julgados pelas obras feitas antes do arrebatamento, faz sentido que tal julgamento seguir-se-á de perto ao arrebatamento. Parece lógico fazer saber os resultados do julgamento o mais cedo possível.
Em segundo lugar, em Lucas 14:14, Jesus diz que a recompensa pelas obras praticadas será entregue "na ressurreição dos justos", e isto acontecerá, como vimos, na época do arrebatamento.
Em terceiro, 1 Coríntios 4:5 e Apocalipse 22:12 indicam que Cristo conferirá galardões na época de Sua vinda para os Seus, com a sugestão que acontecerá muito perto daquela vinda.

Os resultados do julgamento

Os resultados do julgamento serão ou um galardão por obras aprovadas ou uma sensação de perda por feitos desaprovados. Isto é claro pela maneira como Paulo trata o assunto em 1 Coríntios 3:9-15. Ele fala sobre material de construção de duas categorias: "ouro, prata, pedras preciosas" não sujeitas a destruição de fogo, e "madeira, feno, palha" que o são.
Ele declara que os "cooperadores de Deus" podem construir com materiais de uma ou outra classe no seu serviço por Ele; mas o fogo do juízo revelará de que classe vêm. Aquele cujas obras são da primeira categoria "receberá galardão", mas aquele cujas obras não resistem ao fogo, "sofrerá ele dano". As obras que agradam a Deus, que fazem uma contribuição digna ao "edifício de Deus", serão declaradas "ouro, prata, pedras preciosas"; os feitos que não O agradam, que não contribuem ao edifício, serão julgados "madeira, feno, palha".
Nesta passagem não há descrição da natureza dos galardões a serem recebidos pelas obras aceitáveis, mas passagens paralelas sugerem que a recompensa tomará a forma de "coroas". Distingue-se cinco "coroas" distintas em vários textos:
(1) a "coroa incorruptível" para aqueles que dominam a velha natureza (1 Co 9:25);
(2)uma "coroa em que exultamos" para aqueles que levam outros a Cristo (1 Ts 2:19);
(3) uma "coroa de justiça" para os que amam a vinda de Cristo (2 Tm 4:8);
(4) uma "coroa da vida" para aqueles que mantém o seu amor pelo Senhor no meio de tribulação (Tg 1:12);
(5) uma "coroa de glória" para aqueles que são bons pastores do rebanho de Deus (1 Pe 5:4).
Não foi revelado se coroas verdadeiras de vários estilos serão entregues ou se a palavra "coroa" é simbólica. De certo, Deus conferirá com justiça, conforme o que cada pessoa merece. A perda experimentada por aqueles cujas obras foram queimadas não diz respeito à salvação da pessoa. Paulo esclarece isto na passagem tratada ao acrescentar, "mas esse mesmo será salvo, todavia, como que através do fogo"(1 Co 3:15).
A perda trata de galardões. A pessoa não receberá uma coroa, resultando num senso de vergonha e perda que não utilizou melhor o seu tempo na terra.
Paulo parece ter previsto tal possibilidade para si e desejava ardentemente evitá-Ia, ao escrever, "esmurro o meu corpo, e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado" (1 Co 9:27). Ele não falava de perder a salvação, porque não se pode perder isto, mas de perder a sua utilidade na construção do "edifício de Deus" e, como resultado, perder o seu galardão.
Todo cristão deveria considerar cuidadosamente o fato deste tempo vindouro de juízo. Uma vida desperdiçada vai parecer muito tola ao ficar perante Cristo naquele dia.
_______________________________________________________
TRANSCRITO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥