Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

30/06/2013

Fé: a arma do cristão contra o comodismo


Numa de suas aparições aos discípulos, Jesus, após Sua ressurreição, aproximou-se de um grupo de discípulos que se encontrava pescando no mar da Galiléia, e pediu alguma coisa para comer. Não tendo, disse aos discípulos que lançassem a rede à direita do barco, e assim fizeram. Para surpresa de todos, a pesca foi tão maravilhosa que nem puderam puxar a rede, devido à grande quantidade de peixes. A fé dos discípulos, no referido acontecimento, foi de grande importância para o recebimento da bênção. Se tivessem ficado acomodados, o milagre não teria acontecido.

Estamos numa época em que muitas pessoas chegam à conclusão de que não aconteceu nenhuma transformação considerável em suas vidas. Por isso, certamente, perguntam-se diariamente por que as suas vidas não têm mudado. Por que, a cada ano, nada acontece de bom. Qual seria a razão? Por que suas vidas não mudaram? Uma das respostas para isso é o fato de estarem vivendo segundo a carne.

Muitos têm se acomodado nas suas vidas diárias, acreditando estar vivendo na presença de Deus. Entretanto, o que lhes falta é nascer do Espírito Santo. O comodismo faz com que essas pessoas sejam impedidas de recebê-Lo, porque não abrem seus corações. Só se pode receber alguma coisa de Deus com o coração aberto e esperançoso.

Muitas pessoas que se encontram acomodadas, não se preocupam com essa situação. Acreditam que pelos seus méritos conseguirão realizar seus desejos.

As coisas de Deus vêm pela fé, e só é possível recebê-las através do novo nascimento; isso não acontece simplesmente por mérito pessoal. Se alguém deseja grandes coisas, deve possuir fé na mesma proporção. É por ela que vêm as bênçãos. Mas para isso se torna necessário nascer de novo, pois assim alcançará as promessas contidas nas Escrituras.

Aqueles que continuam vivendo na carne não alcançarão os favores de Deus, ainda que tentem. Paulo, escrevendo aos romanos, deixou claro que o justo viveria pela fé. Se alguém não vive conforme os padrões bíblicos, é porque ainda não nasceu do Espírito Santo, continua a viver na carne, e vivendo dessa maneira, não alcançará as bênçãos divinas.

29/06/2013

O CARÁTER DOS FALSOS PROFETAS


 " Todo povo que segue um pastor rebelde fica debaixo de maldição! "
1 - CARACTERÍSTICAS DO FALSO PROFETA:
     Vestidos como ovelha Mt 7:15, tem boa aparência, bons modos para não despertar suspeitas, mas é lobo.
     Faz encenação para legitimar sua mensagem Jr 28:10-17. Profetiza só o que interessa ao povo, mas não aponta o pecado Lm 2:14.

2 - A SUTILEZA DO FALSO PROFETA.
     Se transforma em anjo de luz 2 Co 11:14-15, provar se é de Deus ou não 1 Jo 4:1-6
     Não se submete ao senhorio de Jesus, aparenta piedade 2Tm 3:5 é religioso, mas na prática não tem comunhão com o Senhor.

3 - A NATUREZA DO FALSO PROFETA.
      Ele transmite ensinos e regras sem fundamentos bíblicos Cl 2:20-23; 1Tm 4:1-4.
      Tras sempre inovações de sua própria mente contrariando a sã doutrina.
      É insubmisso, ganancioso e faz até MILAGRES Ez 18:1-23; 22-28; Mt 24:11; Mc 13:22.
      A proliferação dos falsos profetas é um sinal dos últimos tempos 2Ts 2:1-3. 
      Não toques nos ungidos do Senhor 1Cr 16:22. Cuidado com o falso profeta e o mercenário que nunca foram ungidos pelo Senhor e usa essa frase para se proteger.
      Em 1 Samuel 24:6 está escrito que devemos respeitar as posições daqueles que na verdade o Senhor concedeu autoridade, mas há uma excessão "Deus é o todo poderoso"  e jamais permite que um LÍDER nos pressione para violar a sua lei.

28/06/2013

5 Pontos para identificar um falso profeta

Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios.” (1 Timóteo 4.1)
O assunto pode parecer repetitivo. Mas não. Não pense assim! De fato, nestes dias onde em quase toda esquina ou canal televiso existe um redundante apelo às falsas profecias que não param de ecoar, não posso me considerar redundante. De forma alguma!
Mesmo morando numa cidade relativamente pequena, conheço muita gente que continua tentando fazer de sua experiência uma regra doutrinária de fé. Infelizmente isso remete a uma consequência séria das atitudes de falsos profetas.
Ao elencar os 5 pontos não pretendo instigá-los a sair “caçando” falsos mestres, mas simplesmente proponho que vos acautelai, e assim como os bereanos (Atos 17.11) busquem examinar se o que falam por aí realmente vem da parte do Senhor.
É comum os falsos evangelistas comoverem seu público com táticas, estratégias de auditório, recursos neurolinguisticos, porém sem nunca usarem o texto bíblico (ou quando usam, adaptam aos seus próprios interesses).
Estas “criaturas” sempre enfatizam o visível, palpável e material. Andam movidos pelo meio de se chegar a algo e não pelos princípios. Eles sentem, por exemplo, alegria em profecias, línguas estranhas, mas estranhamente não têm o mesmo entusiasmo quando na conversão de um pecador.
São indícios estranhos, concorda? Mas vamos direto aos 5 pontos:
1) O que o falso profeta fala pode se cumprir, porém, ele conduzirá os fieis a práticas não-bíblicas [Dt 13.1-3] – Lembremos que esta observação é super relevante: não é a “profecia” que se cumpre ou não, mas o que mais importa ele está ensinando ao seu rebanho. Quando Cristo diz que é a videira verdadeira (Jo 15.1-5), certamente deve haver outras falsas, visto que as folhas (dons) não são determinantes para se constatar a veracidade, mas a raiz (ensino da Palavra).
2) O falso profeta certamente acrescentará novos ensinos a Palavra de Deus [Dt 18.20] – Vejam como alguns pregadores televisivos andam inovando e acrescentando doutrinas (“Unção Financeira dos últimos dias”, “Medida Extra”, “Unção da Meia”, “Desafio da Fé”, “Fogueira Santa, etc.) e tire suas conclusões.
3) O falso profeta tem aparência de ovelha [Mt 7.15] – E realmente essa aparência convence, cativa, e aprisiona muitos fracos em seu cativeiro religioso. Os fieis sentem-se presos emocionalmente, devedores de dízimos, ofertas (a ele), e possuem uma gratidão exagerada, colocando o tal líder como uma espécie de “ungido privilegiado” cujo poder e orações são hiper-inspiradas pelo divino (um tipo de segundo intercessor). Geralmente ele é o centro da idolatria na vida dos fieis. “É Deus no céu e o seu pastor na terra”.
4) O falso profeta irá procurar fazer as mesmas coisas que Cristo fez, como se possuísse a mesma condição e posição [Mt 24.4,5,24] – Com certeza não é difícil localizar algum desse por aí que se diz ser o próprio Cristo em pessoa, ou talvez, que tente demonstrar que tem a mesma autoridade, domínio e poder sobre as pessoas e sobre o mundo.
5) O falso profeta usará “sinais” que servirão de engano para arrebatar o povo [2 Ts 2.3-9] – O interessante é notar que tais sinais também acompanharão as curas e milagres, contudo vale salientar que tais obras, embora parecendo ser algo bom e operado pelo próprio Deus, na verdade não é. Deus chama estas obras de iniquidade (veja em Mt 7.21-23), logo quem as comanda são os demônios.
O falso profeta rouba a Graça de Deus, aprisiona seus seguidores. Ele quer devorá-los, escravizá-los pelos sinais, propostas de curas e bem estar terreno. Note, jamais um falso profeta se valerá do Sermão do Monte (Mt. 5) e ensinará aos seus fieis as bem aventuranças; jamais pregará Cristo crucificado; jamais pregará que temos algo melhor na glória celestial.
Conclusão final. Se alguém porventura se enquadrar em apenas um desses pontos, não duvide, a Bíblia o intitula como falso profeta!

27/06/2013

Vencendo a Depressão


Depressão...

Esta é muito mais que uma palavra que vem se tornando cada vez mais comum no vocabulário do homem moderno; é a realidade dolorosa e angustiante de muitas pessoas que sentem-se como que literalmente imersas num fosso de angústia, tristeza, ansiedade e total desencorajamento interior. 

Os números da depressão são alarmantes. Há cerca de dez milhões de brasileiros diagnosticados com depressão. Uma em cada quatro pessoas sofreu, sofre ou vai sofrer de depressão, em algum momento de sua vida.

Talvez você mesmo esteja vivendo esta realidade... Uma realidade que só compreende quem a vivencia. 

A depressão pode ter muitas causas diferentes. Ela tem diversos sintomas quando está presente na vida de uma pessoa, mas, como dissemos, somente quem a viveu ou a experimenta, conhece a real dimensão de sua dor. 

Talvez, você ache que ninguém à sua volta entende a linguagem de sua dor; talvez, você pense que está afundando num poço sem fundo, sem volta e sem solução...

Talvez, você sinta como se nunca mais em sua vida, vá conseguir voltar a ser quem você era; vá voltar a ser alegre, como um dia foi; vá ter novamente ânimo para viver e coragem para enfrentar os desafios do dia a dia...

Quando se está com depressão, até viver cansa...

Quem sabe, apenas pensar no assunto já esteja sendo pesado demais para você.

Você se sente fraca e impotente diante de seus conflitos interiores; totalmente desfalecida diante dos medos quase esmagadores que tomaram de assalto o seu interior. 

Quem sabe, tudo que você tem desejado é sumir, desaparecer e, talvez, até mesmo, morrer. E isto só para escapar de alguma forma deste vazio, desta angústia, desta náusea, deste desespero, deste nada interior. 

Mas a realidade é que existe uma saída, uma volta, um recomeço, um retorno e uma solução para você! 

Por mais que os seus sentidos gritem que não - acredite - há uma saída! Não uma mágica, nem uma fórmula, mas um caminho de restauração! 

Quem sabe você sofreu a perda de alguém muito amado, ou, se decepcionou fortemente com alguém em quem depositou seus sonhos. Quem sabe está estressado e estafado por uma sobrecarga física e emocional, ou, está vivendo debaixo de pressões muito intensas e fortes. Quem sabe, está há tempos passando por crises em sua família, em seus relacionamentos e em sua vida financeira ou pessoal. Pode ser que esteja lutando contra compulsões que não consegue vencer ou inclinações que não consegue dominar. Só você e Deus sabem.

Sim, só você e Deus conhecem a dimensão desta dor encrustrada no seu coração; o tamanho deste desespero e a agonia desta solidão. 

Mas se você me permite dizer algo para dentro de sua dor: VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO! VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA! 

Como alguém que se sente engolido por algo maior que si mesmo pode vencer isto? Será que, realmente, há respostas e um caminho equilibrado para superar toda esta crise? Com certeza há!

Quero convidar você a refletir naquilo que a Bíblia, a carta de amor de Deus para o homem, tem a dizer sobre este assunto.

Por favor, eu não estou falando de religião ou de um amontoado desconexo de regras e leis que só achatam ainda mais a vida humana. Eu estou falando da eterna Palavra de Deus. 

Você sabia que a Bíblia fala muito sobre depressão e que tem uma mensagem de esperança para aquelas pessoas que estão deprimidas assim como você? 

E é lendo suas palavras que você e eu podemos encontrar alguns passos que podemos dar para fora deste abismo da alma. 

Primeiro, você precisa aceitar o fato de que é humano, e como ser humano, é um ser complexo, muito complexo. Você é espírito, alma e corpo. É assim que a Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus nos apresenta.

Sem querer viajar sobre teologia ou algo parecido, apenas compreenda que somos um todo, que precisa estar em harmonia e equilíbrio. Nunca, jamais esqueça disto.

Deus nos criou à Sua própria imagem e semelhança, para amá-Lo, sermos amados por Ele, sermos agasalhados por Seu carinho divino, provarmos e vivenciarmos Seu imenso amor; adorá-Lo e andar em íntima comunhão com Ele. 

Esta é a primeira e a mais fundamental e essencial dimensão do ser: do ser gente, do ser pleno, do ser integralmente humano. 

Sem esta experiência, tudo o mais adoece, enferma, se desintegra e se desequilibra em nossas vidas. 

Você tem emoções e sentimentos; reage às situações e às circunstâncias de maneira profundamente pessoal. E você tem um corpo, cheio de suas complexidades. 

Você é humano! Tem necessidades, carências, desejos, anseios e características próprias do ser humano. 

Tudo isto é importante e fundamental para conseguir compreender o que está acontecendo neste momento. 

Entenda que estar deprimido não é algo fora da condição do ser humano

Você é humano e não se condene por isto! Você não é o primeiro e nem o único a passar por isto. Muitos já passaram, muitos estão passando, e outros, ainda vão passar. 

Por isto, respeite a sua humanidade; pois Deus criou você com emoções e sentimentos. 

Ele criou você capaz de agir e reagir à vida e ao meio onde está. 

Segundo, saiba que embora você esteja passando por esta situação, você não vai viver nela para sempre! Você vai sair disto! 

Você precisa deixar a esperança renascer no seu interior!

Há um Deus apaixonado por você, que se importa com o que você está sentindo, sofrendo e vivendo. Ele entende a linguagem do seu sofrimento! E Ele ama você profundamente! 

A Bíblia diz que Deus amou você de tal maneira, que Ele deu o Seu Filho unigênito, para que você, crendo nEle, não pereça, mas tenha vida eterna. Diz que Deus prova o Seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.
 
A Bíblia diz que nisto consiste o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que Deus nos amou, e enviou o Seu Filho Jesus para morrer pelos nossos pecados; que nós amamos a Deus, porque Ele nos amou primeiro e que não fomos nós que escolhemos a Deus, mas foi Ele quem nos escolheu.

Eu acabei de citar alguns textos bíblicos que só querem dizer uma coisa: Deus ama você! 

Você compreende este imenso amor de Deus por sua vida? Que há um Deus lindo, sublime, soberano, todo-poderoso, incomparável e eterno que ama você? 

Talvez, você fique pensando que Ele não entende a dimensão e a força do seu sofrimento; mas, a Bíblia diz que Jesus foi "homem de dores e que sabe o que é padecer". 

Diz que Jesus foi tentado em todas as coisas como nós somos, porém sem pecado; e que por isto mesmo pode se compadecer de nós e interceder por nós diante do Pai Celestial. 

Jesus sabe o que é sentir-se deprimido e decepcionado. Ele sabe o que ficar emocionalmente exausto, ser abandonado, covardemente traído, injustamente acusado, exposto à vergonha, ser violentado emocional e fisicamente. Ele entende a crueza e a terrível intensidade da sua dor. 

Terceiro, disponha-se a ser sarado e tocado por este amor incondicional do Pai Celestial. 

Entenda que a depressão é uma doença. Mas é uma doença que tem cura.

Então, seja seu amigo e procure uma ajuda médica especializada, sem culpas ou auto cobranças doentias

Não deixe que uma pretensa espiritualidade adoecida o faça continuar sofrendo, desnecessariamente. Respeite a si mesmo, porque Deus quer que você valorize quem Ele criou, com tanto amor e carinho, para a Sua própria glória e louvor! 

Entenda que o desejo de Deus é restaurar você. 

Talvez, você precise de mais descanso, de uma alimentação mais balanceada, de uma orientação médica, de medicação prescrita por um médico, de uma terapia, de mudar o modo como você entende algumas coisas que aconteceram e acontecem em sua vida, de mais tempo para si mesmo, de mais lazer, de refletir com mais equilíbrio sobre o que, de fato, está acontecendo em sua vida. Mas com certeza, você precisa de um mergulho no grande e renovador amor de Deus por sua vida!

Você precisa deixar Deus te ensinar a ler a história da sua vida com os olhos dEle. 

Quarto, abra-se para ter sua visão de Deus e da vida renovada.
 
Deixe Deus se apresentar para você nas páginas dos Evangelhos, na Pessoa maravilhosa de Jesus.

Não o Jesus da religião, nem o Jesus dos religiosos, mas o Jesus da Bíblia. O Deus que se fez gente.

Jesus disse: "Quem vê a Mim, vê o Pai". Ver Jesus, é contemplar o Deus Criador do Universo. 

Ele quer sarar a tua visão de quem Deus de fato é; do que é, de fato e de verdade, um relacionamento sadio com Ele e sarar a sua visão da própria vida. 

Ele quer deixar de ser apenas um personagem da religião, para ser o teu Salvador; literalmente, o teu Conselheiro, o teu Senhor, o teu Mestre, o teu Guia e Pastor pessoal. 

Isso é relacionamento, é comunhão, é vida, é intimidade com Deus. 

Você tem esta experiência com Jesus Cristo? 

Não uma religião, eu repito, mas um relacionamento com a Pessoa de Jesus.

Posso sugerir que você deixe a Bíblia, a Palavra de Deus, redefinir seus conceitos e ensinar você como viver e se relacionar com o próximo, como enfrentar as crises e as dificuldades, como lidar com as situações, com as decepções e com as frustrações que todos nós sofremos?

Abra-se para uma cura em sua visão do mundo e de sua própria história. Deus quer fazer isto com e em você! 

A depressão não precisa acabar em um desistir da vida, em um desespero contínuo, em um abandono das esperanças, em um viver amargo. Ela é uma doença que pode ser curada.

Você pode, em Jesus, aprender o caminho de saída dela. Não uma mágica; não uma fantasia;  mas, uma renovação interior que vai te levar, passo a passo, para fora desse fosso da depressão.
 
Precisamos deixar a verdade de Deus entrar em nossa mente e nos libertar dos falsos conceitos interiores; das mentiras nas quais temos acreditado por anos e anos, e que tem nos mantido em um cativeiro emocional e comportamental. 

Não se culpe pelo que está sentindo: talvez, crises de choro que parecem não ter fim, medos inexplicavéis, desânimo, falta total de motivação para tudo, desinteresse pelo que antes o fascinava, dificuldade de desempenhar tarefas antes corriqueiras de sua vida, desânimo para orar ou mesmo ler a Bíblia; vontade de se isolar e ao mesmo tempo de ter alguém ao seu lado, pensamentos de querer sumir ou mesmo morrer.

Não se condene por sentir estas coisas, mas ao mesmo tempo não se entregue a elas. Procure ajuda. Vá a um médico e fale o que você está sentindo. 

Respeite-se, sabendo que Deus o ama e cuida de você. 

Mas ao mesmo tempo, abra-se para Deus, para receber dEle o amor, o consolo, o carinho e uma visão renovada dEle mesmo e de sua vida. Deixe Deus te ajudar a ler a história de sua vida com os olhos dEle.
 
Com certeza, um dia, você vai olhar para trás e concluir que Deus atravessou este vale escuro junto com você, sem abandoná-Lo um só momento e que, juntos, vocês dois chegaram ao outro lado. 

Se você está lendo este texto e ainda não convidou Jesus Cristo a ser o Senhor de sua vida, faça-o agora. 

É simples; como uma criança dando seus primeiros passos. Jesus disse que precisamos nos tornar como crianças para entrar em seu reino.
 
Convide Jesus, numa oração simples de fé, a entrar em seu coração, e a assumir o controle de sua vida. Peça que Ele perdoe você, que Ele traga a Sua doce presença e amor ao seu interior; e confie que na cruz Ele morreu por você, para que você pudesse voltar para os braços de amor de Deus. 

Depois, caminhe com Ele. 

Cada dia converse com Ele, colocando diante dEle todas as tuas ansiedades, dificuldades, anseios, medos, tristezas, alegrias, desejos, gratidão, vitórias ou fracassos. Orar é conversar com Deus em nome de Jesus. 

Faça da Bíblia, o seu livro dos livros. Não existe um livro que possa se igualar a este! É a própria Palavra de Deus para você. Leia com o coração aberto, pronto a aprender e a colocar em prática seus ensinamentos.
 
Uma sugestão? Comece lendo os Salmos e o Evangelho de João. 

Você está deprimido? 

Deus te ama profundamente. Ele está no controle de todas as coisas e de sua vida também. E Ele se importa com cada detalhe do seu ser.
 
Ainda que você não consiga entender, você ainda assim pode confiar. Este Deus já provou o Seu imenso amor por você ao dar Seu único Filho, Jesus, para morrer na cruz em seu lugar.

Para que? Para achegar você a Ele e tê-lo de volta em Sua comunhão. 

Você compreende isto? Ele se importa! Ele te ama!Ele está pronto a caminhar através deste vale com você, e a conduzi-lo até o outro lado em vitória. 

Estas não são as palavras só de um estudioso do assunto; mas, de alguém que desceu, por experiência própria, às profundezas deste fosso e pela Graça de Deus voltou a viver.

Acredite, há saída para você! Procure ajuda médica e profissional, confie no grande amor de Deus por sua vida, respeite-se, seja seu melhor amigo e traga de volta a esperança. Você vai melhorar.

Que esta palavra possa ter sido útil para sua vida e para o seu coração. 

26/06/2013

Ajuste sexual no casamento à luz da Bíblia

O sexo é a música do matrimônio, quanto mais os músicos tocarem, mais habilidosos vão ficando!

Por que há tantos casais infelizes sexualmente no casamento? Na lista de prioridades do relacionamento conjugal, que lugar o sexo ocupa? A insatisfação sexual é um indicador sensível de que o plano de Deus para o casamento está desalinhado. A solução para este problema pode começar a partir da compreensão do que é o sexo, sob a perspectiva divina.
Um dos propósitos de Deus para com o sexo é despertar e satisfazer no homem e na mulher, a fome de intimidade. Sexo não é apenas um incidente no casamento. Embora não tenha sido criado para ser o cerne da intimidade, o sexo é a música do matrimônio. Pode parecer um pouco estranho para muitos, mas a verdade é que Deus espera que nós O procuremos e O conheçamos na intimidade sexual com o nosso cônjuge. Intimidade e deleite espiritual não são opostos à intimidade sexual; na verdade, a intimidade espiritual se encontra em meio ao deleite relacional e carnal da união. É por isso que o escritor aos Hebreus escreveu que o “ato sexual – o coito” é digno de honra tanto quanto o matrimônio (Hb 13.4).
Você já parou para pensar na reação de Adão quando despertou do seu sono e viu ao seu lado a mulher preparada pelo Criador para completá-lo? O elevado grau de prazer de Adão, está explicitado na sua declaração: “Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada “varoa”, porquan-to do varão foi tomada. Portanto, deixará o homem a seu pai e sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne” (Gn 2.23-24). Que declaração de amor intenso! Quando Adão contempla Eva pela primeira vez, irrompe num cântico. Não consegue conter sua alegria, e compõe um hino erótico. Não foi o diabo quem criou o sexo, a sexualidade e o erotismo. O erotismo é criação alegre de Deus, seu prazer em deleitar o coração erógeno de suas criaturas. Com muita beleza escreveu o poeta: “Seja bendita a sua fonte! Alegre-se com a esposa da sua juventude. Gazela amorosa, corça graciosa; que os seios de sua esposa sempre o fartem de prazer, e sempre o embriaguem os carinhos dela” (Pv 5.18,19 BNVI). Os casais precisam saber que o segredo para alcançar a plenitude do prazer no ato conjugal é compreendendo a sexualidade como uma importante janela para o coração de Deus.
Descobrindo as causas do desajuste sexual
A Bíblia diz: “Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias…” (Ec 9.9ª), “Beba das águas da sua cisterna, das águas que brotam do seu próprio poço” (Pv 5.15 BNVI). O sexo é tão importante para a manutenção do casamento, quanto a água para a preservação da vida, eis a razão porque o texto diz “bebe das águas da sua cisterna”. No trabalho de aconselhamento de casais, é comum eu ouvir de algumas mulheres: “Se o meu marido não precisasse de sexo, eu passaria muito bem sem”. Essa maneira de pensar revela alguma disfunção sexual que precisa ser tratada, porque o normal é gostar e sentir falta da prática do ato sexual no casamento. Muitas vezes, a causa do problema, não está na mulher e sim no homem. Quando o casal descobre a causa da disfunção ou do desajuste sexual, há mais facilidade na na busca pela solução.
A alma farta pisa favos de mel
“A alma farta pisa o favo de mel, mas para a alma faminta todo amargo é doce” (Pv 27.7). Nenhuma outra causa tem levado homens e mulheres ao adultério, como a insatisfação sexual crônica. A Bíblia é muito clara quando diz que uma “alma satisfeita ou farta” despreza o favo de mel, ou seja, quando o marido e a esposa saem de casa com as necessidades da alma, inclusive sexual, satisfeitas, fica bem mais fácil resistir todas as possíveis tentações do maligno. Quando o homem e a mulher são infelizes sexualmente no casamento, os dois tornam-se presas fáceis do diabo. Paulo, o apóstolo, quando escreveu sua carta-resposta para a igreja que estava em Corinto, tratou deste assunto com muita preocupação, dizendo: “Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido” (1 Co 7.2). Ele também deixou claro que não basta ter uma mulher ou ela um homem, é necessário que os dois sejam felizes sexualmente, por isso ele insiste: “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher” (1 Co 7.3,4).
A dúvida de muitos casais é: “Como praticar o ato sexual de forma que alcancemos a plenitude do prazer, segundo Deus planejou? Como satisfazer a alma?”. A realização sexual no contexto do casamento depende do conhecimento de alguns pontos básicos sobre as diferenças afetivo-sexuais entre homem e mulher. Vejamos algumas delas: 1) O homem é tendente ao amor estético, e a mulher é tendente ao amor ético; 2) O homem é tendente ao amor quantitativo (instintivo, passageiro), e a mulher é tendente ao amor qualitativo (afetivo e que dura); 3) O homem é tendente a querer primeiro o corpo dela, e depois a pessoa dela e a mulher é tendente a querer primeiro a pessoa dele e depois o corpo dele; 4) O homem é estimulado sexualmente pela visão (erotismo visual, Ct. 7:1-9), e a mulher é estimulada pelo que ouve e pelo toque (erotismo sentimental e abrangente); 5) Para o homem o ato sexual é um prazer corporal, somático, físico e localizado, e para a mulher o ato sexual é um prazer emotivo, em todo o seu corpo, partindo dos órgãos da cópula; 6) O homem precisa de sexo para se manter vivo no casamento, e a mulher precisa de carinho, companheirismo, segurança, estabilidade e sexo; 7) No homem, o sexo é descontínuo e centralizado, na mulher, o sexo é contínuo e descentralizado.
O que o sexo significa para o casal? Para o homem e a mulher, o ato conjugal satisfaz o instinto sexual, aumenta o amor um pelo outro, reduz as tensões no lar e proporciona a mais íntima experiência da vida conjugal.
Conselhos práticos que podem ajudar os casais que buscam ajustamento
1. Nunca seja egoísta, pense na realização do cônjuge (1 Co 7.2-5).
2. Elimine os complexos através da oração e da compreensão.
3. Lembre-se, o cansaço pode ser a causa do fracasso.
4. Desenvolva uma comunicação franca nesta área.
5. Procure não praticar o ato com a tensão de um problema.
6. Reserve tempo para o exercício do ato.
7. A privacidade do casal é de fundamental importância.
8. O asseio é uma necessidade de todos.
9. A preocupação com uma possível gravidez pode ser a causa da baixa qualidade da relação sexual.
10. Nunca se esqueça que o homem se excita pelo que vê, já a mulher, mais pelo que ouve.
11. Nunca tenha o sexo como obrigação, o ato conjugal deve ser espontâneo.
12. Cuidado com a contaminação do leito, que deve ser sem mácula.
13. Cuidado com as relações “pornográficas” (Rm 1.26,27).
Lembre-se, o sexo é a música do matrimônio, quanto mais os músicos tocarem, mais habilidosos vão ficando. Meu conselho final é que os casais não devem parar de tocar a música da sexualidade no casamento, porque enquanto houver música, haverá alegria e vida conjugal plena.
“O Sexo não é tudo, mas a infelicidade sexual pode gerar um mau humor crônico que afetará todas as áreas da vida do casal”.

25/06/2013

Republicação: Hitler não morreu... Ele pode estar no púlpito de sua igreja!

Uma análise que revela uma desgraça dentro da igreja de hoje!

VOCÊ CONCORDA COM ISSO?
Uma das perguntas mais freqüentes entre muitos crentes é : o que o crente pode, e o que o crente não pode?
Mas as respostas vêem sempre da mesma forma:
- O crente não pode e não dá um fundamento plausível ou bíblica para deixá-lo satisfeito.
Certa vez um novo convertido fez algumas perguntas ao pastor:
-Pastor, crente pode jogar bola?
-Não!! Lembre-se, que o campo é o mundo, que o juiz é iníquo e Jesus  mandou tirar a trave do olho. Por que na verdade ele mandou mesmo foi parar a bola!?(ou seria parábola?) e que os mesmos não entrarão no reino dos céus. 
-E bater palmas, dançar?
-Não!! isso quem faz é os mundanos, estes também não entrarão no reino dos céus (texto não existente na bíblia, pois foi inventado)
-Ouvir musica?
-Não!!
-Nem ir ao parque ou a praia?
-Não!! Uma fonte não pode jorrar água doce e salgada.
Caramba!!! Crente não pode nada ? E respirar pode?
-Depende... se você respirar o seu ar pode. Mas se você respirar  o ar de um ditador não!! 
O mais interessantes é que os “Pastores ditadores”  inventam o que o crente não pode e depois voltam atrás, quando o erro vem de uma "ovelha" influente.
Há alguns tempos os pastores proibiam seus crentes de terem aparelhos de TV em casa, pois os mesmos diziam que a Televisão era a Caixa do Capeta, também diziam que pintar ou cortar o cabelo era pecado. Hoje esses mesmos pastores exibem seus lindos bigodinhos e cabelos pintados na “caixa do capeta”.
Eles realmente merecem meus elogios, pois praticam a palavra de Deus a risca, digo isto em relação ao dizimo. Dão o dízimo de tudo à  Deus, até mesmo do tempo do programa. Destinam 10% para pregação do evangelho e outros 90% para venda dos seus livros e fitas, ou para falar de suas igrejas, que parecem mais com campos de concentração,daqueles que os nazistas usavam para torturar os judeus.
Agora eu pergunto: PODE um negócio desse?

MANIPULADORES
As igrejas estão cheias de homens que manipulam a palavra de Deus a seu gosto, impondo leis que não existem, ou aliviando alguém de alguma lei realmente bíblica, homens que se acham donos da igreja... Homens que massacram, pisam, maltratam, dominam com mão forte, somente para impor seu poder... Sãos os Hitlers dos púlpitos de nossas igrejas...

ADOLPHO HITLER
Veja quem era Adolpho Hitler: Adolf Hitler foi o líder do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, também conhecido como Nazi, que possuía teses “Racistas” e “Anti-Semitas” e se considerava superior àqueles que não eram da raça considerada “pura”, no caso a raça Ariana. Grupos como: Testemunhas de Jeová, eslavos, poloneses, ciganos, negros, homossexuais, deficientes físicos e mentais e judeus, eram marginalizados e em seguida brutalmente perseguidos e mortos, fato que ficou conhecido como “holocausto”durante o período da segunda guerra mundial.
Diz a história que Adolpho Hitler era um homem que não admitia que seus oficiais e aliados fumassem, e ainda era uma pessoa polida e cordial no trato particular, quase paternal, Hitler até gostava de se reunir com seus camaradas no restaurante, sempre pedindo um ravioli e água mineral, regado por papos descontraídos e muitas risadas.
Analisando o estereótipo de Adolf Hitler, posso dizer que ele não era uma pessoa muito diferente de muitos pastores que lotam os púlpitos de nossas igrejas. Pois eles não bebem, não fumam, são cordiais e mansos no falar com os seus irmãos e camaradas, porém não passam de “Nazistas Espirituais”, que marginalizam constantemente todos àqueles que são diferentes, pecadores, ou que até mesmo não se vestem ou pensam como eles.

A IGREJA É DE DEUS
É importante salientar que qualquer tipo de marginalização e preconceito é exatamente o oposto do que Jesus ensinou.
Eles se esquecem que a Igreja é de Deus, e não deles, e que na Palavra de Deus está determinado que todos os que irem ao pai, o Pai não lançará fora de forma alguma. Mas os homens estão jogando fora as ovelhas que são de Deus, estão escolhendo quem entrará ou não no Céu...
Pastores manipuladores, arrogantes, que agem como se fossem intocáveis e impecáveis, como se fossem incapazes de cometer qualquer falha, e denominando com suas ações como os representantes da perfeição na Terra.
São aqueles que se dizem “proprietários” da igreja! Suas célebres frases estão na ponta da língua como se fossem seus borjões: “A igreja é minha, eu que mando, eu que sou o pastor!” (deviam trocar o termo “pastor” por “posseiros” pois isso combina mais com eles). Podem até mesmo terem os grupos organizados como:  jovens, Circulo de oração, etc, com seus respectivos líderes,  mas esses líderes são tipo simbólicos, pois quem comanda é ele, o pastor, que não confia na liderança dos seus designados, que os seguem como cegos, surdos e mudos, pois não podem opinar e muito menos questionar a idéia desses homens arrogantes... mas tudo tem que ser de acordo com  a idéia do pastor, a palavra dele tem de  valer como ordem expressa, a idéia dele é a que prevalece, incondicionalmente.
E o que acontece quando esses pastores estão errados e suas idéias vão ao fracasso? Com a cara de pau mais lavada que se pode imaginar e com um sorriso de hipócrita estampada na cara, eles vêem com desculpas esfarrapadas, e no fim das contas atribuem suas falhas a outra pessoas, sempre achando um bode expiatório para por a culpa pelos erros de suas arrogâncias.
São líderes nazistas que temos dentro das igrejas, e as transformam em campos de concentração onde as almas, ao invés de serem abençoadas, são espiritualmente torturadas por esses sanguinários... e no que tange a Assembléia de Deus, temos uma fábrica de Hitler pastorais dentro da denominação que deveria ser a obra mais direcionada por Deus, mas já há muito tempo Deus não tem mais o controle  dentro dessa obra pois homens como esses que aqui descrevo tomam o poder para si, são capazes de qualquer atrocidades para assumir o tão desejado poder presidencial dentro de um campo.
São capazes de oprimir, torturar psicologicamente, massacrar pessoas a sua volta, que se opõe a suas obras corruptas. Prejudicam inocentes e depois posam de inocentes e vitimas de complôs contra eles... São realmente pessoas ordinárias, sem nenhum escrúpulo, e eu duvido que tais pessoas tenham algum chamado divino para o oficio que eles ocupam no ministério. Suas consagrações ao ministério se dão por influência de parentes ou amizades, ou mesmo por cifras em seus dízimos... Nem uma formação teológica adequada eles possuem, para justificar suas consagrações arbitrárias e inescrupulosas.
Armam ciladas para derrubar as lideranças sérias, esperam o momento  até mesmo de se infiltram dentro de famílias desses líderes sérios como lobos devoradores a espreita para dar seus botes, são como serpentes enganosas e venenosas, são os Iscariotes dos dias de hoje.
Com uma falsa aparência de piedade, muita lagrimas de crocodilo (me admiro como conseguem chorar de forma tão convincente!), conseguem até fazer que as pessoas tenham pena ou piedade deles. São como palhaços de circo,q eu se disfarçam par afazer graça e fazer as pessoas simplórias rirem.
São verdadeiros bodes no meio de ovelhas... Chegam ao extremo de ameaçar seus superiores, caso esses  se intrometerem muito no que eles fazem, em seus planos mirabolantes, em seu domínio maligno. Quando não conseguem tomar a liderança de seus superiores, emancipam seus ministérios (se desligam das sedes), em forma covarde e egoísta, se achando capazes de terem seu próprio ministério.
Uma outra característica interessante desses bodes\pastores é a sua afinidade com os profetas que profetizam aquilo que convém a eles... São exatamente como Acabe, que colocava na cadeia profetas que não profetizavam de acordo com seus gostos, mas enchia com presentes e honras os que falavam de acordo com seu pensamento, sua idéia, seu prazer. Os que falavam palavras que não agradavam o ego de Acabe eram açoitados, os que enchiam seus ouvidos com papo furado, com palavras que lhe agradavam, eram postos em locais de honra.
Será que tais cidadãos se esqueceram de que um dia, assim como o reles pecador, eles também passarão por juízo? E que o juiz que estará lá não se deixa comprar por nenhuma forma de suborno, e que não se confabula com nenhuma máfia em forma de convenção, e que Ele, o Supremo Juiz tudo vê, tudo conhece?
Sim, podem ser intocáveis em seus púlpitos lindos e maravilhosos, onde se ostentam a si mesmos como os poderosos, mas diante de Deus, não passam de reles criaturas malditas, que se esqueceram do genuíno amor de Deus que um dia a eles mesmos os tocou.

O FIM VEM! A JUSTIÇA DE DEUS SERÁ MANIFESTA...
Deus não se deixará escarnecer, a justiça virá no tempo de Deus, pois está escrito: “Ai dos que usam de engano... esses não permanecerão dentro de minha casa...” (Salmo 101:7)  Eles deveriam ler Malaquias capítulo 2, que fala exatamente contra sacerdotes desse tipo! Lá é dito que virá o tempo em que o próprio Deus vai trazer a tona a sujeira desses sacerdotes arrogantes e salafrários. Deus mesmo os fará indignos e sujos diante de todos! (É por isso que de vez em quando tem pastorzão por ai se esborrachando com escândalos e tendo a sua imagem de imaculado dissipada... É quando as máscaras caem)...
A justiça de Deus será manifesta de forma tremenda!

A justiça de Deus não é negociada, não é comprada, nem é subornada. A Sua justiça muitas vezes, ao nosso parecer, é lenta: porque ela não está a serviço de poder econômico algum, de poder político algum, de religioso algum. Deus é independente de qualquer necessidade e absoluto em Suas decisões. Nada pode intimidá-lo na aplicação da Sua justiça. Ninguém pode manipular os resultados dos Seus juízos, nem torcer aos padrões da Sua retidão.
Deus retribui a cada um segunda a sua medida. A justiça de Deus separa o falso do verdadeiro, o joio do trigo, o fingido do autêntico, o condenado do perdoado, o incrédulo do crente, o perdido do salvo. A justiça de Deus coloca de um lado as boas obras meritórias e do outro, as boas obras produzidas pelo coração purificado e agradecido. Deus é inerrante em Suas sentenças, bem como é exato em suas recompensas.
A justiça de Deus traz à tona os pecados não confessados nem abandonados, e joga no lixo os pecados arrependidos. A justiça de Deus é terrível para aqueles que amam mais a impiedade do que a Sua santidade. Ela se manifesta agora de forma esporádica e há de se revelar no futuro próximo de forma conclusiva. É o que chamamos de juízo final! A Escritura declara em tom absoluto e solene: Deus é justo juíz, Deus que sente indignação todos os dias (Sl 7:11).

Ah, como seria bom se houvesse arrependimento dentro de Israel... dentro da igreja dita evangélica... Quem está mais necessitando de salvação e libertação são os próprios pastores de hoje... Claro que toda regra tem sua exceção, pois ainda existe um remanescente fiel em Israel... Ainda existem os que merecem ser chamados de pastores da obra de Deus!
 Oremos e confiemos... na misericórdia e justiça de Deus!!! 

por
AP. PR. MILTON RABAYOLI
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥