Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

31/07/2013

Vencendo Tempestades e Víboras

Atos 27:27-44


INTRODUÇÃO:

Na escuridão da noite, um navio com 276 pessoas a bordo aproxima-se de uma ilha no Mediterrâneo. A tripulação e os passageiros estão exaustos de serem jogados de um lado para o outro pelas águas agitadas por uma tempestade que já dura 14 dias. Ao amanhecer, avistam uma baía e tentam levar o navio para a praia, mas a proa fica encalhada, totalmente imóvel, e as ondas despedaçam a popa. Todos abandonam o navio e conseguem chegar ao litoral de Malta, nadando ou boiando agarrados a pranchas de madeira ou a outros objetos. Exaustos e com frio, eles se arrastam para fora das ondas agitadas. Entre os passageiros encontra-se o apóstolo cristão Paulo, que está sendo levado para Roma, a fim de ser julgado. — Atos 27:27-44.

Esse naufrágio na ilha de Malta não foi a primeira vez que Paulo correu risco de vida no mar. Poucos anos antes, ele escreveu: “Três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no profundo.” Disse também que havia corrido “perigos no mar”. (2 Coríntios 11:25-27) As viagens marítimas o ajudaram a cumprir a função que Deus lhe deu como “apóstolo para as nações”. — Romanos 11:

No mundo existem por volta de 2.930 espécies de cobras ou serpentes. O Brasil abriga 321 delas – aproximadamente 10% do total –, das quais apenas 36 são peçonhentas. As serpentes peçonhentas brasileiras são divididas em duas famílias: Viperidae e Elapida

A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. “Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa”, diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras ( venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. 

A) LIÇÕES QUE TIRAMOS NESTA VIAGEM DE PAULO

1º) As Tempestades podem vir, mas Deus está no controle

a) Antes do perigo o Senhor nos anuncia
b) Deus não quer perder uma ALMA para o Diabo
c) Ferramenta de Deus só morre na hora de determinada

2º) Intimidade com Deus é o que Crente deve buscar

a) Quando tenho intimidade c/Deus não temo o perigo
b) Quando tenho intimidade c/Deus vidas são salvas
c) Quando tenho intimidade c/Deus estou seguro

3º) As Víboras podem até NADAR, mas elas não resistem ao FOGO

a) Víbora da Carne – Fogo do Jejum
b) Víbora do Mundo – Fogo do Temor ao Senhor Jesus
c) Víbora das Amizades Coloridas–Fogo do discerniumento
d) Víbora dos Falsos irmãos- Fogo da Oração
e) Víbora “antiga –satanás”- Fogo da Autoridade do Nome de Jesus

4º) O tempo de João ninguém acaba em sua vida

a) Deus muda seu cativeiro de humilhação para Exaltação
b) Deus honra seu ministério com o sobrenatural
c) Pessoas que outrora lhe ignoravam vão passar a te respeitar
Conclusão: Seja qual a víbora, tempestades em seu caminho lembre-se que Deus está no controle e que quem tem intimidade recebe no final honra. 

29/07/2013

Setenta Semanas de Daniel



Cálculo das Setenta Semanas
“Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo. Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos. E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador”(Dn 9.24-27)ACF
Nosso calendário :
Nosso calendário conhecido como Gregoriano Com a ajuda do astrônomo Sosígenes, Júlio Cesarintroduziu um ano médio de 365,25 dias : um ciclo de 3 anos de 365 dias e um de 366 ( bissexto ). Mas tinha uma diferença de 3 dias de 400 em 400 anos , para resolver o problema , o Papa Gregório XIIIseguindo um conselho de sábios , propôs em 1582 suprir 3 anos bissextos de 400 em 400 anos . Logo o ano tem: 365,2421 dias (0,2421 corrigido pelo ano bissexto menos 3 dias de 400 em 400 anos )
Calendário bíblico:
Calendário bíblico ou profético mês = 30 dias - ano = 360 dias
O ano bíblico ou profético tem uma duração de 360 dias , pois em Gênesis 7.11 e 8.4 temos “cincomeses” ( tempo do dilúvio ), e em Gênesis 7.24 e 8.3 a sua quantidade em dias = 150 dias , logo cada mês tem 30 dias . Portanto o ano bíblico ou profético tem 12 X 30 = 360 dias . Em Apocalipse 12.6 e 13.5 a expressão 1260 dias equivale exatamente 42 meses (42 x 30 =1260) ou seja 3 1/2 anos.
As 70 semanas de Daniel são semanas de anos e não de dias :
Total de anos : 70 x 7 = 490 anos (no calendário bíblico ou profético ) com um total de 176.400 dias
Calculando o número de anos de nosso calendário : número de dias/365,2421   176.400/365,2421 = 483 anos
Semanas que já se cumpriram: 69 ( ano bíblico ou profético )
Quantidade de anos das 69 semanas : 69 x 7 = 483 anos (bíblico)
Quantidade de dias das 69 semanas : 483 x 360 = 173880
Calculando o número de anos de nosso calendário  173880 dias /365,2421 = 476 anos
Início das 70 semanas: Decreto para reedificar os muros de Jerusalém
“Disse mais ao rei: Se ao rei parece bem, dêem-se-me cartas para os governadores dalémdo rio, para que me permitam passar até que chegue a Judá. Como também uma carta para Asafe, guarda da floresta do rei, para que me dê madeira para cobrir as portas do paço da casa, para o muro da cidade e para a casa em que eu houver de entrar. E o rei masdeu, segundo a boa mão de Deus sobre mim” (Ne 2.7-8)ACF
Início das 69 semanas : (Ne 2.1)
“Sucedeu, pois, no mês de Nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes, que estava posto vinho diante dele, e eu peguei o vinho e o dei ao rei; porém eu nunca estivera triste diante dele” (Ne 2.1)ACF
No mês de nisã, no ano vigésimos do rei Artaxerxes ( março de 445 a .C.)
7 Semanas = 49 anos
É o período da reconstrução do templo de Jerusalém.
“Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos” (Dn 9.25)ACF
* Esse primeiro período tem duração de 7 semanas = 49 anos , que se inicia com o decreto para reconstrução dos muros do Templo em ( 445 a.c.) por Artaxerxes Ne 2.1-8  (Neemias foi comissionado para isto ). Foi um período difícil onde encontraram oposição de Sambalá e Tobias e tiveram de trabalhar armados, pois a qualquer momento podiam ser atacados (Ne 4.16-23). PorémNeemias confiava em Deus , sabia que o Senhor estava com eles e completaram a reconstrução dos muros cf. (Ne 6.15-16).
Calculando o final das 69 semanas : (aproximadamente)
março de 445 a .C. + 476 anos :  ( março de 32 d.C.)
Data em que Jesus entra em Jerusalém e é aclamado como Rei  (Lc 19.28-42)
Crucificação de Jesus Cristo ( FINAL DA 69a Semana )
Jesus morreu para a nossa Salvação.
Isaias 53.8
“Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido” (Is 53.8)ACF
A semana que falta para se cumprir : a 70° semana (a última )
Quantidade de anos da 70° semana : 7 x 1 = 7 anos (bíblico ou profético )
Quantidade de dias da 70° semana : 7 x 360 = 2520 dias (divididos em dois períodos de 1260 dias ou 42 meses)
veja em : (Ap 11.2-3)
APOCALIPSE 11.2-3
“E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco” (Ap 11.2-3)ACF
*É um período conhecido como a Grande Tribulação , pela bíblia sabemos a duração , mas não a data da volta de Jesus.
62 Semanas = 434 anos
“Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos” (Dn 9.25)ACF
Este período de 434 anos vai de 396 a .C. até 32 d.C., após este período acontece a morte de Jesus e a destruição de Jerusalém pelos romanos (no ano 70 d.C.), profetizada por Daniel:
“E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações” (Dn 9.26)ACFcf. (Is 53.8); Lc 21.24)

ERA DA IGREJA - TEMPO DOS GENTIOS

“Jerusalém foi invadida em 70 d.c. pelos romanos , o templo destruído e os judeus foram dispersos pelo mundo ”
Romanos 11.25
“Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado” (Rm 11.25)ACF
LUCAS 21.24
“E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem” (Lc 21.24)ACF
O termo “tempos dos gentios” é o período no qual Jerusalém estaria sob o domínio dos gentios , desde o cativeiro babilônico , continuando até hoje e continuará durante a tribulação . Terminando na segunda vinda de Jesus à terra onde irá julgar as nações .
(Dn 2.35) A era da igreja que começou no dia de Pentecostes vai até o arrebatamento da igreja .Também conhecida como dispensação da graça cf. (Ef 3.1-7). No livro de apocalipse temosrepresentadas a era da igreja em diversas épocas , através das sete igrejas da Ásia: Éfeso,Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia (a útima igreja ).
. Este período não é contado como dentro das 70 semanas, pois não correspondem a “ teu povo e a tua santa cidade” (Israel e a Jerusalém), mas sim a Igreja , pois a profecia é para Israel e Jerusalém.

A IGREJA NO PASSADO E NO PRESENTE


ERA DA IGREJA

“Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades”
(Rm 11.25-26)ACF
A 7 IGREJAS DA ÁSIA REPRESENTAM SETE PERÍODOS DE TODAS AS IGREJAS
70s


A GRANDE TRIBULAÇÃO – 70° Semana
. Corresponde a última semana de Daniel (70° semana ), ou seja, um período de 7 anos .
É dividido em 2 períodos de 3 anos e meio , sendo o primeiro chamado de Tribulação . E o segundo chamado de Grande Tribulação ( maiores guerras e sofrimentos piores ), mas também o período todo é chamado de Grande Tribulação .
Outros nomes que a Bíblia descreve a 70° semana de Daniel:
- O dia da vingança de nosso Deus
- O tempo da angústia de Jacó
- O dia de trevas
- O dia do Senhor
- Aquele dia
- O grande dia
- Dia da ira
- Ira Vindoura
Final da 70° semana :  Mt 25.13 - Volta de Jesus

Volta de Jesus Cristo

“Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus” (Mt 24.30-31)ACF
. É a segunda fase da Vinda de Cristo (a primeira fase é no arrebatamento da igreja : se dará nos ares e só a igreja verá, Jesus não pisa na Terra ).
Acontecimentos:
- A Manifestação física e pessoal de Jesus acompanhado de seus santos e anjos : Mt 24.30-31
- Todo olho O verá : Mt 24.30; At 1.11
- Defenderá Israel das nações inimigas: Zc 12.9
- A destruição do Anticristo e do Falso Profeta : Ap 19.20
- Os Judeus aceitarão Jesus como o Messias : Rm 11.25-27; Zc 12.10
- O julgamento das Nações : Mt 25.31-34
- Satanás aprisionado : Ap 20.1-3
- Implantação do Milênio : Ap 20.4-6
ACONTECIMENTOS:
- SURGIMENTO DO ANTICRISTO E DO FALSO PROFETA NO MUNDO
- ALIANÇA DE 7 ANOS DO ANTICRISTO COM ISRAEL
- OS JUÍZOS DO CÉU SOB OS SETE SELOS DE AP.6
- AS DUAS TESTEMUNHAS E SUA MISSÃO NOS 3 ½ ANOS
- 144.000 JUDEUS SALVOS EM ISRAEL
- O ANTICRISTO NO BLOCO DE 10 NAÇÕES
- O BLOCO DE NAÇÕES DO NORTE
- GOGUE E MAGOGUE
- A FALSA IGREJA MUNDIAL
- A PREGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO
- GOGUE E MAGOGUE INVADEM ISRAEL
- O ANTICRISTO ROMPERÁ A SUA ALIANÇA COM ISRAEL
- IGREJA FALSA MUNDIAL DESTRUIDA PELO ANTICRISTO
- OS JUDEUS SERÃO MARTIRIZADOS
- JUÍZOS SOBRE A TERRA SOBRE AS SETE TROMBETAS
- ISRAELITAS FIEIS FUGIRÃO PARA OS MONTES
- JUÍZOS SOBRE A TERRA SOB AS SETE TAÇAS
- A QUASE DESTRUIÇÃO DE ISRAEL (ARMAGEDOM)
- A VOLTA DE JESUS EM GLÓRIA
- EVENTOS GEOFÍSICOS
- JULGAMENTO DAS NAÇÕES VIVENTES
- DERROTA DO ANTICRISTO E DO FALSO PROFETA
- O REMANESCENTE JUDAICO
- SATANÁS APRISIONADO

Israel na Grande Tribulação

O Anticristo e sua perseguição à Israel por 3 anos e meio (na segunda metade ):
. “E, quanto aos dez chifres, daquele mesmo reino se levantarão dez reis; e depois deles se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis. E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo” (Dn 7.24-25)ACF
. “E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco” (Ap 11.2-3)ACF
. “Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda” (Mt 24.15)ACF
. “Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF
As nações cercarão os Judeus na guerra do Armagedom:
“E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom” (Ap 16.16)ACF
Bibliografia
Pentecost, J.Dwight - Manual de Escatologia - Editora Vida , 1998
Ellisen, Stanley A. - Conheça melhor o Antigo Testamento - Editora Vida -1991
Lehman, H.I. - A Revelação de Jesus Cristo - Edições Shophar -1991
Pearlman, Myer - Através da Bíblia-Livro por livro - Editora Vida – 1977 Transcrito




28/07/2013

Paulo de Tarso

Paulo é considerado um dos maiores personagens do Novo Testamento, e da própria fé cristã depois do próprio Jesus Cristo. Agostinho, que viveu entre os anos 354 a 430 D.C, e que foi uma das figuras mais importantes no desenvolvimento do cristianismo no Ocidente, disse: Paulo foi derrubado para ser cegado; foi cegado para ser mudado; foi mudado para ser enviado; e foi enviado para que a verdade aparecesse.
- OS ANTECEDENTES DE PAULO
- O LAR EM TARSO
Tarso além de ser uma das mais antigas cidades do mundo, no século I, era a capital e a maior cidade da Cilícia. A população de Tarso se orgulhava de sua riqueza agrícola e comercial, bem como de sua universidade, julgada superior às grandes academias de Alexandria e Atenas. O historiador, geógrafo e filósofo grego Estrabão (58 a.C.) descreve o povo de Tarso como “apaixonados pela filosofia” e de “espírito enciclopédico”; e a cidade como aquela que eclipsou todas as outras que foram “terra natal de alguma seita ou escola filosófica”. Foi em Tarso onde ocorreu o primeiro encontro de um dos casais mais importantes da história: A egípcia Cleópatra, e o Romano Marco Antônio em 41.A.C. Esse era o mundo cultural que Saulo, ou simplesmente Paulo vivia em sua infância na antiga cidade de Tarso.
- A CIDADANIA ROMANA DE PAULO
Paulo era cidadão romano, direito adquirido desde seu nascimento vivendo em Tarso. Em 66 A.C Pompeu agraciou os cidadãos de Tarso, inclusive os judeus com o título de “cidadania romana honoris causa”, porque os cidadãos de Tarso tinham ajudado os romanos a expulsar os piratas do litoral da Cilícia. Sendo assim o pai ou o avô de Paulo tenham participado desta premiação militar e por conseguinte passado este privilégio para o seu herdeiro.
- O JOVEM HEBREU DE TARSO
As informações sobre Paulo e sua educação hebraica vivendo em Tarso, são de fundamental importância, para uma compreensão do seu zelo religioso e legalista que ele tinha pela Lei, antes de conhecer a Cristo. Paulo cresceu bem instruído na Torá Hebraica e sabia o hebraico, aramaico, e o grego. Línguas comuns entre os judeus de sua época.
- CONVERSÃO A CRISTO
A conversão de Paulo está narrada em três capítulos no livro de Atos dos Apóstolos (9.3-18; 22.6-21 e 26.12-18). Segundo Broadus, estas três passagens bíblicas onde Lucas narra a conversão de Paulo, onde embora haja algumas variações em cada uma das narrativas, estas podem ser explicadas pelo propósito de cada narrativa e a audiência para a qual cada uma foi pretendida”. Os dois fatos principais que merecem destaque na conversão de Paulo a Cristo são: O encontro com Jesus Cristo no caminho para Damasco, e a visita de Ananias a Paulo na casa de Judas em Damasco.
- O MINISTÉRIO DE PAULO
Fazer uma reconstituição de todo ministério do apóstolo dos gentios não é uma tarefa fácil, pois temos que nos basear no que está registrado no livro de Atos do Apóstolos e nas Epístolas Paulinas. Pelo relato do livro de Atos, Paulo realizou três viagens missionárias. Onde pregou o Evangelho de Cristo em várias regiões gentílicas, quebrando assim a barreira que existia entre os judeus e gentios.
- AS PRISÕES E ENCARCERAMENTOS DE PAULO
No final da terceira viagem missionária Paulo viaja para Jerusalém por ocasião da páscoa. Lá é preso e acusado pelos líderes judeus de ter levado ao templo o gentio Trófimo. A partir deste momento começam a prisões carcerárias de Paulo no império romano.
Com certeza foi em Roma onde foram realizados os maiores trabalhos de Paulo, a composição de quatro epístolas:
Efésios, Filipenses, Colossenses e Filemom.
As cartas que Paulo escreveu
na prisão são um dos maiores
patrimônios deixados pelo
Apóstolo do gentios para a igreja
antiga e contemporânea.
- LIÇÕES DE PAULO PARA A IGREJA ANTIGA E CONTEMPORÂNEA
Toda Igreja de Cristo, tanto do passado, como nos dias atuais tem que levar em consideração as lições deixadas por Paulo. Desde sua conversão a Cristo, até o encerramento e finalização de seu ministério apostólico. A história e biografia do Apóstolo dos Gentios é um grande legado para a Igreja de Cristo, não só a igreja primitiva em seu pós-nascedouro, como a igreja contemporânea.

26/07/2013

PREÇO DE UM SONHO E ESTRATÉGIAS PROFÉTICAS PARA REALIZAR SEU SONHO

O que é um sonho?
Um ideal, um objetivo de vida. Algo pelo qual a pessoa vai lutar para realizar.
Realizar um sonho é uma grande mudança de vida.
Mas todo sonho tem seu preço.
1-    Abandonar os velhos hábitos. “vá e não peques mais”(Lucas 8:11) de Jesus para pega em pleno ato de prostituição, e que estava prestes a ser apedrejada e morta, conforme a lei mosaica. Jesus a absolve dizendo que não a condenava, a manda ir prosseguir com sua nova vida e que “não pecasse mais”, ou seja, “que mudasse sua vida dali para a frente, que abandonasse os hábitos de prostuição.
Paulo fala em 2ª Corintios 5:17:”...as coisas velhas se passaram, eis que tudo se fez novo.”

2-    ABANDONAR AMIGOS QUE NÃO LHE APOIAM E NEM LHE AJUDAM.
Amigos que não te ajudam a crescer, amigos que não lhe oferecem nada de positivo, amigos que não te ajudam a desenvolver na obra de Deus, amigos que não amam a obra de Deus, amigos que falam mal de Deus, das igrejas e dos lideres.
Salmo 1:3: “bem aventurado aquele que não anda nos conselho dos ímpios, nem se detém no caminhos dos pecadores, e nem se assenta nas rodas dos escarnecedores”.
È preciso desfazer das antigas alianças.

3-    ESTAR DISPOSTO A SE DESFAZER DE TODA A BAGAGEM.
Em Jonas 1:5, é dito ali que os marinheiros que estavam naquele barco jogaram fora toda a BAGAGEM pois temiam que o barco afundasse.
As vezes temos de nos desfazer de toda bagagem... o que representam estas bagagens? Tudo aquilo que representa peso espiritual, tudo aquilo que representa amarração do adversário, tudo aquilo que lhe atrapalha na sua caminhada.
Mágoas, rancores, invejas, pensamentos ruins, más obras, praticas viciantes e pecaminosas.

4-    CRER INCANSÁVEL E INCONDICIONALMENTE
“Se creres, verás a glória de Deus...” João 11:40...
Temos de ter fé independente de circunstancias,  ainda que tudo esteja contra nós, temos de acreditar no milagre, pois Deus está conosco.
Não se canse jamais de acreditar e não limite a sua fé a condições. Apenas creia.

5-     ESTEJA PRONTO PARA SOFRER O ATAQUE DOS INVEJOSOS
Deus estava exaltando a Daniel, mas isto não impediu que seus adversários, movidos por inveja, armassem uma cilada para que ele fosse jogado na cova dos leões. Daniel 6.

6-    SUPORTAR AS DECEPÇÕES
“Enganoso é o coração do homem.... Quem o conhecerá?”
Você sofrerá decepções pois começará a ver as máscaras caírem, pois descobrirá quem realmente fica feliz com seu sucesso.

7-    TEM DE ESTAR DISPOSTO A SAIR DO COMODISMO.
Em diversos milagres dos Evangelhos, Jesus fala com os enfermos: ”levanta, toma tua cama e anda...”; “levanta e vai...”, etc.
A palavra usada para traduzir “LEVANTA-TE” aqui dá o sentido de “TOMA UMA ATITUDE”.
Chega de ficar igual ao homem que estava a 38 anos a beira do tanque de Betesta, a espera do milagre, porém, olhando para suas incapacidades e pondo a culpa em quem não o ajudava.

8-    TER CORAÇÃO DE ADORADOR. 
“    Tudo que tem folego, ADORE\LOUVE ao Senhor!”
Adorador não murmura; adorador não blasfema; adorador não fofoca da vida alheia; adorador não fica de leva e traz; adorador não deixa se levar pelas circunstancias; adorador adora sempre... Independente de onde esteja ou do que esteja passando.

9-    TENHA ESTRATÉGIAS
Assim como a mulher hemorrágica, que teve estratégias para conquistar seu sonhos de cura daquela doença que á doze anos a castigava. Ela estava limitada pela lei e pela situação, porém, foi estratégica para romper o que a impedia e alcançar a sua cura.
Estratégia significa “sabedoria revelada para um fim especifico”.

VEJAMOS ALGUNS ATOS ESTRATÉGICOS DE FÉ:
1-      Entrega total a Deus.
2-      Confiança total em Deus e em sua Palavra.
3-      Fidelidade absoluta  a Deus e a sua Palavra.
4-      Saber observar as oportunidades que Deus nos prepara ao longo da vida.
5-      Não perca tempo! Surgiu a oportunidade? Agarre-a pela fé. Toma posse!
6-      Não temas!
7-      Nunca diga: “não posso!”
8-      Tenha um planejamento!
9-   Antes de construir o castelo dos eu sonho, é necessário LIMPAR E APLAINAR O TERRENO.
10-   Estabeleça as bases da obra: oração, bíblia, fé, sinceridade, amor ao próximo.
11-   Execute os propósitos que você tem. Fez voto, tem  de cumprir!
12-   Não hesite em bater na porta!
13-   Não se coloque em  dependência dos outros!
14-   Não desista!

O seu sonho é o sonho de Deus para tua vida!

25/07/2013

O CRISTÃO E A INTERNET


A Internet foi criada em 1969, com o nome de Arpanet, interligava apenas quatro computadores de universidades nos Estados Unidos, e durante muito tempo ficou restrita à área acadêmica. No Brasil, a Internet chegou por volta de 1988, para auxiliar nas pesquisas universitárias, e sua operação estava subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Mas foi somente a partir de 1995, que a Embratel, por meio de uma autorização do Ministério das Telecomunicações, disponibilizou seu acesso para o uso comercial. (Fonte: Editora Érica).
O crescimento da Internet no mundo é espantoso, são mais de 600 milhões de pessoas ligadas; os brasileiros são 5% deste universo, aproximadamente 30 milhões. A Internet é um mundo virtual muito semelhante ao real, nele encontra-se sites abordando todos os temas possíveis, especialmente: pornografia, sexo e assuntos espiritualistas.
Em meio a estas densas trevas a luz do  Senhor tem brilhado, dissipando-as; eis que surgem diariamente novos pontos de luz, são sites que procuram honrar e glorificar o nome Santo do Senhor Deus, disponibilizando verdadeiros oásis, com águas puras que restauram vidas. Ao servo, a opção de honrar a Deus, acessando páginas dignas dos santos, ou, a satisfação da carne e suas conseqüências. Irmãos não esqueçam, as más ações, mesmo que virtuais são pecado e como tal, passíveis de condenação eterna. (1Co 6.12)
“Todo caminho do homem é reto aos seus próprios olhos, mas o Senhor sonda os corações.” Pv 21.2 (Veja também: Sl 7.9; 17.3; 139.1)
“...Eu sou aquele que sonda mente e corações, e vos darei a cada um, segundo as vossas obras.” Ap 2.23
Um teclado, um monitor e o mundo, literalmente um mundo pela frente. Assim é a Web; incontestavelmente um veículo altamente influenciado pelo maligno, e sabiamente usado por ele; que no anonimato da virtualidade oferece aos ávidos pelo pecado, a satisfação, em especial aos buscam a pornografia e filosofias espiritualistas e ou satânicas. A net envolve todas as faixas etárias, indistintamente. Constato que os cristãos em especial os jovens têm feito uso desta ferramenta para secretamente extravasar toda a maldade da carne. Anônimos, fora do alcance dos olhos de familiares, presbíteros, pastores e demais autoridades da igreja; encontram uma situação de liberdade que os encoraja a agir segundo as inclinações de seus corações e fazem coisas terríveis. Esquece-se que o Senhor a tudo vê e certamente tais pecados não passam desapercebidos diante do trono e serão cobrados no tempo oportuno (Ap 2.23).
Não é aconselhável ao servo de Deus:
1 – Acessar sites Eróticos e Pornográficos.
É preciso que os servos de Deus tenham o devido cuidado com a vida espiritual, não permitindo que a impureza se aloje, afastando-lhes da comunhão verdadeira com o Eterno. Amados, é um engano pensar que o acesso a tais páginas não produz um efeito devassador na vida, é praticamente impossível, não se contaminar com os desejos baixos produzidos pela carne. O Senhor nos deixa uma palavra clara de alerta contra a impureza, sua prática apaga o Espírito de Deus.
“Eles perderam toda a vergonha e se entregaram totalmente aos vícios; eles não têm nenhum controle e fazem todo tipo de coisas indecentes... Vocês fazem parte do povo de Deus; portanto, qualquer tipo de imoralidade sexual, indecência ou cobiça não pode ser nem mesmo assunto de conversa entre vocês.” Ef 4.19 e 5.3
Ele castigará especialmente os que seguem os seus próprios desejos imorais e desprezam a autoridade dele.” 2Pe 2.10
2 - Sexo Virtual (masturbação ou conversas sensuais).
Sexo virtual é pecado! Sua pratica envolve masturbação, conversas impuras e baixas. O peso de sua prática assemelha-se ao da fornicação e ou adultério. Os seus praticantes estão destituídos da verdadeira comunhão com  Deus e estão debaixo de condenação eterna.
”Vocês fazem parte do povo de Deus; portanto, qualquer tipo de imoralidade sexual, indecência ou cobiça não pode ser nem mesmo assunto de conversa entre vocês.” Ef 5.3
“Deus não nos chamou para vivermos na imoralidade, mas para sermos completamente dedicados a ele.” 1Ts 4.7 ; Hb 13.4)
“Que o casamento seja respeitado por todos, e que os maridos e as esposas sejam fiéis um ao outro. Deus julgará os imorais e os que cometem adultério.” Hb 13.4
3 - Bate Papo / Chat.
Estas salas de conversação são usadas por muitos para construir amizades e em outros casos, até falarem do amor do Senhor. Infelizmente, nota-se que as designadas aos Cristãos/Evangélicos dos grandes portais, são verdadeiras praças nas quais muitos freqüentadores influenciados por espíritos malignos se portam como filhos das trevas. Lamento a ingenuidade de muitos que insistem em “jogar pérolas aos porcos” (Mt 7.6) expondo ao ridículo a palavra santa do Senhor e, pela vida de muitos crentes que escondido atrás de um “Nickname” mostram suas inclinações pecaminosas, usando expressões baixas e mentiras. A consciência de uma vida santa deve envolver todo o nosso ser, a ponto de produzirmos os frutos do Espírito Santo em todas as situações, inclusive, nas ações numa sala de Chat, nossas palavras devem ser continuamente uma expressão de louvor a Deus. Oh graças!“A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um.” Cl 4.6
”De boas palavras transborda o meu coração... nos teus lábios se extravasou a graça; por isso Deus te abençoou para sempre.” Sl 45.1,2
”Ordena e ensina... Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, tornar-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.” 1Tm 4.11,12
”Põe  guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios” Sl 141.3
”E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus...” Sl 40.3

”Habite ricamente em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos e hinos e cânticos espirituais, com gratidão, em vossos corações. E tudo que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus.”   
Cl 3.16,17
4 – Hackers e vírus
Internet é vista por muitos, como a última fronteira a ser desbravada. Com um simples PC e conhecimentos básicos é possível trazer para sim o título de “hackers”, invadindo sistemas, e proporcionando aos usuários enormes prejuízos. Infelizmente, encontramos nesta classe muitos queridos que se apresentam no dia-a-dia como crentes, claro, uma vida hipócrita, é impossível conciliar tal prática com uma vida santa e reta aos olhos do Eterno Senhor.
A rede está repleta de vírus e programas intrusos que se alojam no hd, trazendo sérios danos ao funcionamento do PC e ou captando informações pessoais (senhas, número de documentos, etc.). Aventurar-se na Internet sem algumas precauções mínimas é buscar para si, prejuízos; procure proteger o computador com programas contra vírus ou invasores (firewalls).
Hoje, além dos famosos vírus (cuja finalidade  é violar as máquinas e desorganizar arquivos), encontramos na net os delinqüentes cibernéticos aplicando golpes nos usuários. Conheçam alguns:
 
a) Phishing – São enviados milhões de e-mails falsos, geralmente possuem como remetentes instituições conhecidas, como a Receita Federal, bancos ou organismos de proteção ao crédito, pedindo que se entre em um link. Este dá acesso a um site falso (clone do original), no qual são pedidos dados como conta bancária e senha.
b) Cavalo-de-tróia – São programas que se instalam dentro do micro abrindo portas para uma nova invasão. Eles surgem como  e-mails ou links em uma página, geralmente, oferecendo atrativos. Através deste programa os estelionatários obtêm informações como nome, endereço, numero de CPF, número da conta bancária e senhas.
c) Spyware – Nome genérico dado aos programas de espionagem que se instalam no micro quando se acessa um site. Eles vasculham a máquina em busca de senha bancária. Para evitar os spywares, os bancos resolveram criar teclados virtuais em que a senha é digitada apenas se apertando o botão do mouse.
Amados, é preciso estar atentos, pois a Internet é uma ponte direta com o mundo do crime e com todo o nível de sofisticação que a mais moderna tecnologia pode proporcionar. Veja o que é necessário para navegar com cautela e evitar surpresas desagradáveis:
a) Antivírus – Instale um antivírus de preferência atualizado automaticamente (Sugiro o Norton).
b) Nunca forneça Senhas – Não informe sua senha a ninguém. Também não atenda a pedidos de cadastramento ou recadastramento bancário on-line sob nenhum argumento.
c) E-mails – Delete os e-mails nos quais o remetente seja desconhecido ou cuja identidade levante suspeitas. Não acredite em sorteios e nem aceite ofertas tentadoras e milagrosas. Cuidado ao abrir os anexos, até mesmo de pessoas conhecidas.
(As informações deste tópico foram compiladas da Revista Veja nº 1880)
5 - Sites do Senhor.
Mas, em meio a este mar de coisas terríveis, visualizamos ilhas que são verdadeiros paraísos espirituais, nas quais podemos aportar e desfrutar das delicias que nos são apresentadas. Verdadeiro alimento que fortalece a nossa fé e concede-nos disposição para continuarmos firmes e inabaláveis na caminhada em direção à cidade santa. Estes sites devem ser visitados e ajudados, são pontos de luz em meio às trevas.
Amados Pais, Amados Irmãos:
O Senhor colocou em nossas mãos a responsabilidade pela instrução dos filhos nos caminhos santos (“Guardem sempre no coração as leis que eu lhes estou dando hoje e não deixem de ensiná-las aos seus filhos. Repitam essas leis em casa e fora de casa, quando se deitarem e quando se levantarem.” Dt 6.6,7), procure conhecer qual a vida que eles tem levado na Net, sente-se e os aconselhe, faça-os refletir sobre os perigos da rede, bem como, sobre a necessidade de serem santos em todo o proceder, seja no acesso a site impróprios, em chats e até mesmo na incompatibilidade da prática hacker.
Amados do Senhor estejam atentos e não se deixem enganar pela obra sutil do diabo. Lembre-se, ele anda ao nosso lado à procura de uma brecha, e encontrando-a entra e destrói a vida.
Vamos fazer uso da Internet de uma forma santa e edificante!
“Sede santos, porque eu sou santo.” 1Pe 1.16

24/07/2013

Como ser cristão apesar da Igreja – o que fazer quando descobrimos joio no meio da igreja


Vamos ler Mateus 13:24-30 e 36b-43:

"Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;
Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.
E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.
E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?
Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.
Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro . . . Explica-nos a parábola do joio do campo.
E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem;
O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno;
O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos.
Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo.
Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade.
E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes.Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça."


Introdução – Essa é mais uma das histórias que Ele contou, aliás, para mim suas parábolas poderiam muito bem ser definidas como histórias para mudar a sua história. Não pretendo aqui fazer exegese do texto, porque nem tenho cacife para isso. Quero apenas sugerir uma aplicação desse texto a uma realidade que muitos de nós já vivemos ou estamos vivendo - a decepção com a Igreja. Esse ponto da nossa conversão em que as nossas expectativas com a Igreja se frustram, por descobrirmos que ela não é um lugar onde apenas o trigo floresce, mas um ambiente onde o joio também se manifesta. São os escândalos, as feridas feitas pelos irmãos, a vida dupla de alguns, a indiferença de outros, as disputas e politicagens etc… Não se trata de uma apologia a ela e nem de um juízo contra os ‘desigrejados’, mas um apelo para que olhemos a Igreja sob outra perspectiva e que esse novo olhar nos encha de coragem para permanecer fazendo parte dela apesar do joio que vemos crescer nela.


Para quem aprecia divisões, segue essa, feita pelo pastor Herbert Lockyer – essa é a história de dois semeadores, duas sementes, dois erros e duas colheitas.
Vamos a aplicação alternativa do texto para que de alguma forma nos recuperemos do de desânimo, antes que ele se torne indiferença.
1. Foque no trigo e não apenas no joio – não quero que você faça vista grossa ao joio, mas sim que você não foque apenas nele. Tem gente ingênua demais vendo só trigo e ignorando o joio e gente ressentida demais, vendo só o joio e desprezando o trigo e os dois erros são graves e muito prejudiciais. Afinal, será que só há joio na Igreja¿ Alguns se recusam a ir para a Igreja alegando que só há hipócritas nela, mas eu costumo dizer que é melhor conviver com alguns hipócritas durante um pouco de tempo aqui, do que passar a eternidade ao lado deles num outro lugar não muito confortável!

Há ainda 7.000 que não se dobraram! Há muito trigo também! Ainda tem gente boa fazendo coisas boas para deixar esse mundo tão ruim um pouco melhor! Pense nisso!

2. Busque o crescimento do trigo e não simplesmente a diminuição do joio – gastamos muita energia tentando diminuir o joio e esquecemo-nos de estimular o crescimento do trigo e com isso acabamos por perdê-lo. Ficamos combatendo os vícios sem ao menos prescrever as virtudes. Precisamos lembrar que enquanto o joio cresce sem esforço, o trigo precisa de muito cuidado para isso, basta olhar para as dificuldades que a boa semente encontrou para germinar na parábola anterior. Outro fator digno de nota é que as Igrejas morrem não pela presença do joio, mas pela ausência do trigo. Sodoma foi destruída por falta de quórum de gente boa e não pela multidão de pervertidos que estavam lá! Um com Deus é maioria! Vale ressaltar que o joio é um bom sinal, pois aponta que a Igreja está crescendo e quanto mais trigo, mas joio! Óbvio que há lugares onde se tem mais joio e menos trigo, mas que a nossa luta seja a de um lugar onde haja mais trigo e menos joio, porque é pelo crescimento do trigo que o joio pode ser diminuído.
3. Lembre-se que no futuro haverá muito joio que poderá vir a ser trigo e muito trigo que se revelará joio – não estou afirmando aqui que se perde a salvação, pois a mesma graça que nos salvou nos mantém a salvo, não há mérito nem na conversão e nem na perseverança dos santos! O que quero dizer é que hoje existe muito trigo que parece joio e muito joio que parece trigo e somente o tempo é capaz de revelar a verdadeira natureza deles. Dessa forma é melhor tratar o joio como se fosse trigo ao invés de tratar o trigo como se fosse joio, pois se você trata os bons como ruins, a tendência deles é enfraquecer e desanimar, mas se você trata os ruins como bons, alguns podem até melhorar. Se formos zelosos sem entendimento faremos mais mal do que bem à Igreja. Precisamos da fé que morre pelos irmãos e não da fé que os mata! Tem muito Simão que pode vir a ser Pedro e muito Judas que se mostrará um diabo e é preferível tolerar um Judas que sacrificar um Simão! Não interprete isso como ficar passando a mão na cabeça dos pecadores, a disciplina é necessária sim, a que proponho é apenas um discernimento que não defina as pessoas pelo que elas fazem, porque isso nem sempre corresponde ao que elas são. Quem vê cara, não vê salvação!
4. Se há joio semeado no campo do Senhor procure semear trigo no campo do inimigo – ficamos tão atônitos com a covardia do diabo em semear joio na igreja que acabamos por ficar paralisados sem fazer nada em resposta. Sejamos santos na Casa de César, Abias no palácio de Jeroboão e Obadias na corte de Jezabel! Vamos semear as virtudes e valores do Reino no nosso trabalho, escola, cidade e vizinhança! Seja como José que onde ia transformava o lugar, fosse na casa de Potifar, no cárcere ou no palácio! Seu testemunho de vida pode não apenas influenciar, mas também transformar o lugar onde você está!
5. Atente para as diferenças entre o trigo e o joio e não apenas para suas semelhanças – nesse ponto apelo para o discernimento que, aliás, é um dos dons mais necessários nesses últimos dias. O trigo e o joio são muito parecidos, a diferença entre eles vem com o crescimento e a frutificação. São os frutos que os revelam, pois de uma semente ruim jamais surgirá um bom fruto! Que o fruto ou a ausência dele nos leve a refletir sobre a nossa fé!
6. Não se ocupe em tentar arrancar o joio de perto de você, mas em arrancar o joio de dentro de você – essa é a separação que vale a pena, nem que para isso Deus precise usar a peneira do diabo como fez com Pedro! Ficamos tão incomodados com o joio ao nosso redor e nem nos importamos com o joio em nós! Chega de hipocrisia! Tem muito pecado oculto e secreto em nossas vidas que precisa ser arrancado pela raiz e não apenas ter seus galhos podados!
7. Se não puder converter o joio em trigo, pelo menos não deixe o joio corromper o trigo – aqui vai uma palavra mais realista. Nem sempre vamos poder influenciar e transformar o lugar em que estamos, embora seja esse o nosso alvo. A Igreja, apesar de tudo o que fizermos de certo pode ainda dar errado. Mas que isso jamais nos faça baixar a guarda! Se não puder melhorar o lugar em que está, ao menos não se deixe piorar por ele! Se sua história é como a de Noé, andando com Deus e na contramão do mundo, continue pregando mesmo que isso não produza resultado algum. Lembre-se que seremos julgados pelos nossos anseios (pelo que quisemos) e não pelos nossos feitos (pelo que fizemos).

Conclusão – A Igreja é como a arca de Noé, pode não ser um lugar confortável para se ficar, mas é um lugar extremamente seguro para se estar!











23/07/2013

Depressão a luz da Bíblia

As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, mas as reveladas nos pertencem a nós... 
Deuteronômio 29.29

Pânico e depressão segundo o meu entendimento é um assunto polemico, porque tem a visão da medicina e da Bíblia. È uma doença mental ou espiritual? Tudo isto faz parte do assunto. Em fim é um assunto polemico.
INTRODUÇÃO: O Pânico, ou a Síndrome do Pânico é um medo acima do normal, é um medo extremo que domina totalmente a pessoa. Depressão é uma pressão mental, que pode ser ocasionada por: Derrota-, sentimento de perda, solidão, desprezo, abandono, sentimento de culpa, falta de perdão, ou muitas vezes sem motivo algum. A meu ver estas doenças são espirituais, provocadas por demônios, que não precisam de motivo algum para atacar o homem. I Pd. 5: 8.
O melhor remédio contra a Síndrome do Pânico e a Depressão não é o calmante, ou qualquer droga oferecida pelo médico, mas sim a Palavra de Deus. Sl. 107: 20; Pv. 3: 1 -8.
A Bíblia mostra muitos momentos de pânicos, mas o maior remédio para o pânico é a fé em Jesus Cristo e na sua Palavra. Mt. 14: 22 – 31; Nm. 13: 25 – 33; Nm. 14: 1 – 9.
Homens de Deus também passaram por momentos de depressão, mas a Palavra de Deus e a fé no Todo Poderoso foi o seu remédio. Sl. 18: 1 – 6.
Quando começamos a meditar na Palavra de Deus, vamos ver que os homens de Deus tiveram motivos de sobra para sofrer da Síndrome de Pânico e de Depressão, mas eles venceram estas obras malignas do diabo usando as mesmas armas que Jesus usou no deserto. Lc. 4: 1 – 12; Ef. 6: 17.
A Bíblia mostra claramente que estas doenças atingiam os homens que Deus usava, mas a Bíblia mostrava respostas, ou seja, remédios para estas doenças, que eram provocadas por demônios. I Sm. 16: 14 – 23; II Co. 12: 1 – 10.
Alguém pode perguntar “Qual a garantia que a Bíblia nos da de que a Síndrome do Pânico e a Depressão são provocadas por espíritos malignos”? É Simples a Síndrome do Pânico, o simples momentos de pânicos e a Depressão matam e segundo a Bíblia, quem veio para matar e destruir é Satanás e seus demônios. João. 10: 8 – 10.

Outra coisa, a Síndrome do Pânico e a Depressão é uma grande mentira que o diabo coloca na mente do homem. João. 8: 44.
Para que o homem venha a se libertar da Síndrome do Pânico e da Depressão, é somente substituir as mentiras que o diabo coloca na sua mente pelas verdades de Jesus. João. 1: 17; João. 8: 31 e 32; João. 14: 6.
Seja medo (pânico) ou a depressão o importante é rejeitar e tomar posse da Palavra de Deus Rm. 8: 15; II Tm. 1: 7; I João. 4: 18. N o momento de pânico ou depressão é lembrar sempre de Jesus e acreditar que Ele está sempre por perto. Lc. 6: 50; Mt. 28: 20b.
Seja qual for o momento que você estiver vivendo, seja pânico, depressão, ou qualquer doença, lembre-se que Jesus está olhando e mandando ajuda. Sl. 34: 7; Sl. 9: 1- 11; Atos 12: 1 – 11.
Tomar posse da Palavra de Deus, do poder, e do nome de Jesus, e mandar o espírito que causa a Síndrome do Pânico e da Depressão bater em retirada. Lc. 10: 19 e 20.

O pânico e a depressão é um espírito maligno que atua na mente, substitua as setas do medo e da opressão pela Palavra de Deus. Sl. 1: 1 e 2; Cl. 3: 1 e 2.

Se você sofre destes males ou conhece alguém que sofre, toque em Jesus, ou mande esta pessoa tocar, pois tenho certeza de que a mulher do fluxo de sangue, em seus doze anos de enfermidade viveu momentos de pânicos e de depressões, mas quando ela tocou em Jesus, tudo mudou em sua vida. Lc. 8: 40 – 48.
Lembre-se a Síndrome do Pânico e a Depressão não é nada para Deus. Lc. 18: 27; Lc. 1: 37; Jr. 32: 27.
Para aquele que acham que a Síndrome do Pânico e a Depressão uma doença, mas não é causada por demônios, a Palavra de Deus que é Jesus também é o único remédio. Is. 53: 4 e 5; Mt. 4: 23 – 25.

Outro bom remédio para a Síndrome do Pânico e para a Depressão é a oração. Sl. 55: 17.

22/07/2013

RESPEITANDO AS AUTORIDADES

Todo homem esteja sujeito ás autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por Ele instituídas. (Romanos 13:1)

        Gostamos de questionar o procedimento, conduta, e honestidade das autoridades, do guarda municipal ao Presidente da Republica; buscamos motivos para ofender, criticar, mostrar erros para que possamos desobedecer às leis; queremos justificar as nossas desobediências, e rebeldias, e isto por desconhecer a Palavra de Deus. Pois todos os que ocupam cargos de autoridades são, por Deus instituído, mesmo que estas pessoas sejam desonestas, corruptas, elas prestarão contas ao Senhor, a nós cabe obedecer, respeitar, sabendo que elas estão a serviço do Senhor, uma vez que tudo acontece é por vontade, ou permissão do Senhor. "De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação.”(Romanos 13:2)Quando utilizamos de qualquer meio, ou argumento, para desobedecer  a uma lei, a uma autoridade, estamos desobedecendo diretamente a Deus, uma vez que a criação de autoridades em vários setores para ordem publica,  foi do Senhor, e portanto, exige que cumpramos, e respeitamos, ao desobedecer estamos desobedecendo a Deus, e portanto pecando.

            "Porque os magistrados não são para temor, quando se faz o bem, e sim quando se faz o mal. Queres tu não temer a autoridade? Fazes o bem e terás louvor dela.” (Romanos 13:3)Se temos medo de uma sentença,é porque a bem da verdade sabemos que somos merecedores dela, se temos medo do juiz, promotor, de uma condenação, é por que estamos fazendo algo digno de tal sentença. Porque se formos justos e sempre respeitarmos as leis, com certeza saberemos que não temos porque temer qualquer autoridade, pois por mais corrupta que ela seja,não conseguirá nos incriminar. "Visto que a autoridade é ministro de Deus para teu bem. Entretanto, se fizeres o mal, teme; porque não é sem motivo que ela traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar o que pratica o mal.” (Romanos 13:4) Não é por acaso que a espada faz parte do símbolo da justiça, pois a função da justiça terrena é cumprir a justiça divina, é punir, castigar, os desobedientes, desonestos, desordeiros, e mau caráter. Se, amamos a Deus, se o respeitamos, e praticamos a sua Palavra, então com certeza devemos acatar os seus ministros, que são as autoridades terrenas; volto a dizer, se elas agem mal, prestarão contas ao Senhor, nós simplesmente obedecemos aos preceitos do Senhor, que é obedecer a todas as autoridades.

            "É necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência.” (Romanos 13:5) Não podemos temer a justiça simplesmente por medo de uma multa, ou de uma detenção, mas sim, porque se infligirmos a lei, com certeza estamos pecando, e a nossa consciência cristã, o Espírito Santo nos mostra que estamos errado, e com certeza ao persistirmos teremos dupla condenação. "Por este motivo, também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo, constantemente, a este serviço.” (Romanos 13:6) Pagamos impostos, que por sinal é muito alto aqui no Brasil, e uma quantidade muito grande, mas devemos simplesmente pagar todos, e de forma nenhuma tentar sonegar, pois estamos sendo desonestos, e principalmente desobedientes ao Senhor; os impostos que estamos pagando por mais altos que seja, está de acordo com a vontade do Senhor para nós, caso contrário, Ele, o Senhor, teria mudado, por isto devemos pagar sem reclamar. "Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra.”(Romanos 13:7)Simplesmente acatar a Palavra de Deus, e cumprir totalmente, respeitando  cada autoridade, sabendo que ao respeitarmos estamos respeitando ao próprio Deus; devemos cumprir todas as leis pois esta é a vontade do nosso Pai.

21/07/2013

O CAMINHO DO SENHOR

Dizeis, porém: O caminho do Senhor não é direito. Ouvi, agora, ó casa de Israel: Não é o meu caminho direito? Não são os vossos caminhos torcidos? (Ezequiel 18:25) 

            As pessoas, muitas das vezes, questionam o porquê de para serem consideradas retas diante do Senhor, têm que abandonar certas praticas que lhes dão prazer, e que elas entendem não fazer mal algum em continuar. Muitas que estão em igrejas, acham que não é pecado se relacionar de forma íntima com namoradas(os), ou que beber bebida alcoólica socialmente não tem problema, sair para danças, usar roupas que são consideradas sensuais ou mesmo indecentes, que fazer isto e aquilo não tem nada a ver; a bem da verdade, questionam a Deus os seus caminhos, seus preceitos, querem mudar como se tivessem direito ou oportunidade de o fazer, e a conclusão é que se rebelam, e estão indo para o sofrimento eterno. "Desviando-se o justo da sua justiça e cometendo iniquidade, morrerá por ela; na sua iniquidade que cometeu morrerá” (Ezequiel 18:26). Infelizmente há muitas igrejas cheias de pessoas mortas espiritualmente, que cederam às tentações, que buscaram facilidades, que se renderam a pregações e ensinamentos demoníacos, como os de bênçãos desmedidas, e outros tantos, isto porque querem ir para a vida eterna passando pela porta larga, e evitando a porta estreita, e conclusão, morreram espiritualmente, e se não se arrependerem rapidamente, não terão mais oportunidade.

            "Mas, convertendo-se o ímpio da sua impiedade que cometeu e praticando o juízo e a justiça, conservará este a sua alma em vida” (Ezequiel 18:27).  Todos os que reconhecem seus erros, que abandona os pecados, e tudo o que sabe ser contrário a Palavra de Deus, e isto independente  das pessoas, amigos ou parentes, concordarem ou não com elas, mas sabendo que esta é a vontade do Senhor, com certeza receberão a vida, e também poderão salvar a muitos. "Pois quem reconsidera e se converte de todas as suas transgressões que cometeu, certamente viverá, não morrerá” (Ezequiel 18:28). Sempre há tempo de voltar atrás, abandonar os pecados, isto é o que muitos dizem, mas se esquecem de que se a morte chegar agora, para onde irão? Portanto, a única saída segura é reconsiderar os caminho, abandonar os pecados e se converterem enquanto é tempo, pois amanhã pode ser muito tarde. "Contudo, diz a casa de Israel: O caminho do Senhor não é direito. Não são os meus caminhos direitos, ó casa de Israel? E não são os vossos caminhos torcidos?” (Ezequiel 18:29). É fácil criticar e discordar dos mandamentos do Senhor, mas na verdade se não nos submetermos à eles, se não os praticarmos, com certeza seremos condenados, morreremos espiritualmente.

            "Portanto, eu vos julgareis, a cada um conforme os seus caminhos, ó casa de Israel, diz o Senhor Jeová vinde e convertei-vos de todas as vossas transgressões, e a iniquidade não vos servirá de tropeço” (Ezequiel 18:30). Seremos julgados pela nossa maneira de viver e de respeitarmos a Palavra do Senhor, pois se formos desobedientes, com certeza seremos condenados ao sofrimento eterno, e só existe uma maneira, que é nos consertarmos, abandonarmos os erros e nos convertermos então, só assim  teremos vida. "Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes e criai um coração novo e um espírito novo; pois por que razão morríeis, ó casa de Israel?” (Ezequiel 18:31). Abandone os erros e pecados enquanto é tempo, mude, abandone as facilidades, convertam-se de coração, e sejam salvos, e vivam, caso contrário morrerão, e este não é o plano de Deus para ninguém. "Porque não tomo prazer na morte do que morre, diz o Senhor Jeová; convertei-vos, pois, e vivei” (Ezequiel 18:32).

20/07/2013

ESCOLHAS

Efraim se apascenta de vento e segue o vento leste; todo o dia multiplica a mentira e a destruição, e fazem aliança com Assíria, e azeite se leva ao Egito. (Oséias 12:1)

       escolhas    Assim como Efraim foi escolhido por Deus para receber proteção e bênçãos, e as rejeitou, pois acreditou em todo o engano, seguiu povos que Deus disse para não seguir, adoraram deuses que o Senhor disse para nem mesmo se aproximar destas abominações, além claro, de fazer da mentira uma arma, algo rotineiro, e por tal motivo, receberam o devido castigo. De igual modo, acontecerá a todos os que abandonaram ao Senhor, e estão praticando tudo aquilo que o Senhor disse para que não fizessem, e como desobedeceram, receberão a devida punição até se converterem. "O Senhor também com Judá tem contenda e castigará Jacó segundo os seus caminhos; segundo as suas obras, o recompensará” (Oséias 12:2).  Não existe meio termo, todos os que são desobedientes aos preceitos do Senhor, receberão a devida recompensa, por mais que o Senhor tenha planejado grandes bênçãos sobre nossas vidas, mas ao desobedecermos, estamos não somente rejeitando, como também ofendendo, e nos colocando na qualidade de adversários, e por tal, devemos receber o tratamento dispensado a inimigos, mas o nosso Deus é tão bom, que não nos trata totalmente assim, pois se fosse, seríamos consumidos em um instante.

            "No ventre, pegou no calcanhar de seu irmão e, pela sua força, como príncipe, se houve com Deus” (Oséias 12:3). Somos escolhidos e separados para vencer, antes mesmo de sermos gerados, e só em sabermos que, entre milhares de outros, somente nós fomos, lutamos e vencemos, e portanto, fomos fecundados, tudo isto claro, com os cuidados de Deus, só isto é motivo mais do que suficiente para sabermos que somos escolhidos, e se andarmos na presença do Senhor, tudo poderemos, mas se seremos vencedores durante toda a nossa vida, vai depender da maneira como respeitamos as ordenanças do Senhor. "Como príncipe, lutou com o anjo e prevaleceu; chorou e lhe suplicou; em Betel o achou, e ali falou conosco” (Oséias 12:4). Quando estamos em lutas e sofrimentos, buscamos o Senhor em oração, clamamos, nos derramamos, choramos diante Dele, fazemos promessas, pois não há quem não esteja em sofrimentos que não busque a Betel (Casa de Deus), e encontramos consolo, respostas, só que depois nos esquecemos, e  continuamos nos erros, e as promessas que fizemos ficam jogadas ao Léo; não podemos esquecer que o Senhor já falou com cada um de nós, e sabemos o que devemos fazer, como proceder, e se não o fazemos, somos desobedientes, e portanto, merecedores do mal.

            "Sim, com o Senhor, o Deus dos Exércitos; o Senhor é o seu memorial” (Oséias 12:5). Devemos saber que temos um Deus poderoso, que tudo sabe, e é criador de tudo, e inclusive do mal. "Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o Senhor faço todas estas coisas” (Isaias 45:7). Portanto, devemos nos submeter a Ele, se queremos ser vencedores, se queremos desfrutar de abundância, pois tudo vem Dele. "Tu, pois, converte-te a teu Deus, guarda a beneficência e o juízo e em teu Deus espera sempre” (Oséias 12:6). Só existe um caminho, que é se converter e abandonar os erros, os pecados, reconhecer o Senhor como guia Mestre, nos submeter a sua vontade, pois se queremos ser abençoados, se queremos ser vitoriosos, não existe outro caminho, a escolha é nossa, pois somos responsáveis pelo que recebemos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥