Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

22/09/2013

CUMPRIR ORDENS


Tendo Jesus convocado os doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para efetuarem curas. (Lucas 9:1)

            Aqueles doze discípulos que representavam as doze tribos de Israel, e que representava a toda humanidade, recebeu do Senhor poder, para operar milagres e maravilhas; assim sendo este poder depois que Jesus morreu, e ressuscitou, nos foi entregue através do Consolador de Deus, pois foi esta a promessa de Jesus. Portanto temos poder sobre toda casta de demônios, todas, e não existe uma si quer que não se curva quando assim determinamos em nome do Senhor Jesus. De igual maneira, todas as enfermidades são curadas quando exigimos que elas saiam das pessoas, pois, Jesus levou na cruz do calvário todas as nossas enfermidades pelas suas feridas, o seu sangue é que foi para a nossa salvação. "Também os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos.” (Lucas 9:2) Nos foi imposta a obrigação de pregarmos o Evangelho do Senhor Jesus, e não outro evangelho qualquer, ou doutrinas e preceitos de homens, mas o Evangelho. Devemos sempre falar do amor, e poder de Deus, para libertar, curar, transformar, e principalmente salvar, dar vida eterna, a todos os que se rendem a Ele. E é o nosso dever curar a todos os doentes, de todas as enfermidades, no nome do Senhor; não podemos ser tímidos, ou medrosos, pois isto e é falta de fé  em Jesus; se estivermos procedendo assim, precisamos de cura.

            "E disse-lhes: Nada leveis para o caminho: nem bordão, nem alforje, nem pão, nem dinheiro; nem deveis ter duas túnicas.” (Lucas 9:3) E para fazermos o que o Senhor nos manda, devemos executar nossa missão  sem nada cobrar; temos que simplesmente ir, sabendo que o Senhor nos sustenta, ser ministro do Evangelho não é um cargo mundano, em que devemos receber salários, benefícios, férias, e aposentadoria, nem buscar reunir bens matérias, pois a nossa recompensa, nosso galardão é no Céu com o Senhor; aqui  quando fazemos o nosso trabalho somos sustentados. Mas, ser ministro do Senhor, pastor, do rebanho do Senhor, tem que ser chamado, e não simplesmente ir por outros interesses. Vamos pregar o Evangelho, curar os enfermos, libertar os cativos, ressuscitar os mortos, sem nada cobrar, pois o que recebemos de graça, também de graça, temos que entregar; pastor não é profissão. "Na casa em que entrardes, ali permanecei e dali saireis.”(Lucas 9:4) Não podemos exigir  para irmos hotéis luxuosos, nem meios de transporte confortáveis, ou escolher onde comer, ao contrario devemos simplesmente ir como estamos,  e  viver de acordo com o que nos apresenta, sem jamais cobrar ou exigir nada.

            "E onde quer que não vos receberem, ao sairdes daquela cidade, sacudi o pó dos vosso pés em testemunho contra eles.”(Lucas 9:5) Nunca podemos tentar obrigar alguém  a aceitar o Evangelho, o nosso dever é pregar, falar do Reino de Deus, operarmos maravilhas no nome de Jesus, mas se não quiserem ouvir, ou aceitar devemos simplesmente seguir em frente. Não podemos nos tornar aborrecedores para as pessoas de tanto insistir, pois temos que entender que quem faz a obra é o Senhor, quem convence é o Espírito Santo, e não nós. Não podemos ser chato como alguns que praticamente obrigam as pessoas a aceitarem, ou melhor, a dizer que aceitam a Jesus, pois elas dizem somente de boca e não aceitam de coração; jamais podemos insistir, tentar trazer as pessoas para a igreja de qualquer maneira, pois elas virão por vários motivos, mas não por amar o Senhor, e no futuro estarão envergonhando o Evangelho. "Então, saindo percorriam todas as aldeias, anunciando o Evangelho e efetuando curas por toda parte.” (Lucas 9:6) Devemos simplesmente praticar o Evangelho, fazermos o que Ele determinou e os milagres acontecerão. "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus. E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.”(Marcos 16:15,20) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta postagem realmente é muito forte, sendo assim, te convido a ler e meditar no seu conteúdo e depois, peço-te, deixe ai seu comentário, sua crítica, seu recado, sua opinião... E compartilhe em sua rede social.
Pois assim você estará me ajudando a melhorar este espaço!
(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se.
(2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. não venha me criticar por falar contra aqueles que penso serem enganadores e falsos profetas.
Sinta-se em sua casa! Ou melhor, em seu blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥