Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

05/10/2013

A graça ou a Lei?

"Naquele tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer." (Mateus 12.1)
Jesus caminhando de uma cidade a outra, evangelizando, pregando o Reino de Deus, operando milagres, maravilhas e prodígios, passou em frente a uma plantação, e, como estava com fome, os seus discípulos apanharam espigas e comeram. Nada mais normal, mesmo por que apanhar espigas para se alimentar ali na hora, não era considerado crime pela lei de Moisés, o que era considerado errado pela antiga lei era trabalhar no dia de sábado, porque Deus tinha mandado Moisés instituir o sábado como dia do Senhor, como dia de descanso, proibindo qualquer trabalho. O Senhor havia instituído esta lei para que o povo que estava saindo da escravatura no Egito e não conheciam descanso, aprendessem a obedecer ordens Dele.
"E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer num sábado.” (Mateus 12.2). Os fariseus, religiosos da época logo criticaram, ou melhor, vieram a Jesus acusar os seus discípulos, assim como o diabo sempre vai até Deus acusar, ou melhor, tentar acusar os filhos do Senhor. Ele sempre procura usar a Palavra para acusar, assim como usou as Escrituras para tentar a Jesus no deserto, e faz o mesmo nos dias de hoje. Porém, o Senhor Jesus, conhece o papel do inimigo, que é de acusador, que sempre tentará mostrar erros e falhas, tentando anular a graça de Deus.
"Ele, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam?” (Mateus 12.3).Jesus respondeu a estes fariseus dentro da Palavra, usando as Escrituras, a historia de Israel. Trouxe à memória deles o fato de quando Davi fugia da frente de Saul, indo ao sacerdote e recebendo os pães da preposição para alimentar a si e aos seus companheiros, além de pegar a espada de Golias que se encontrava guardada ali. Jesus faz com que se lembrem deste fato e percebam que, em nenhum momento houve condenação ou reclamação do Senhor Deus por isto; portanto, se Deus não condenou a Davi e os seus por terem se alimentado de um alimento consagrado, por que iria condenar agora, se aqueles estavam se alimentando por também terem fome?
"Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem aos que com ele estavam, mas só aos sacerdotes?” (Mateus 12.4). O que Deus nos cobra é a obediência, o respeito aos seus preceitos, nosso amor verdadeiro, e é exatamente por amar o povo que era escravo, que instituiu o dia de sábado como o dia de descanso, o Dia do Senhor, porque este povo não estava acostumado a descansar e, portanto, teria vida curta, além de sofrer muito. A fim de evitar tudo isto que foram criadas estas e outras leis.
"Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a fornicação, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.” (1 Coríntios 6.13). A função do alimento é alimentar todos os dias.
"Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?” (Mateus 12.5).Jesus mostrava os sérios pecados e erros que os líderes religiosos cometiam nos sábados. Os sacerdotes não agiam corretamente em relação a oferecer os holocaustos nos sábados, quando tinham que sacrificar cordeiros perfeitos e sem manchas. Não cumpriam os mandamentos do Senhor em relação a santificação do templo, ou seja, Jesus estava mostrando os pecados deles e dos seus lideres, falhas que eram muito sérias e não somente sobre a alimentação daquele dia.
"Pois eu vos digo que está aqui quem é maior do que o templo.” (Mateus 12.6) Jesus é Deus, e mostrou que Ele era muito maior do que as igrejas, os templos de pedras e tijolos. Ele estava revelando Sua autoridade.
"Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.” (Mateus 12.7).Jesus não quer nenhum sacrifício nosso, Ele quer obediência, misericórdia, amor, e portanto, não quer ou deseja que ninguém sofra ou passe necessidades à despeito de estar obedecendo a Ele.
"Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor.” (Mateus 12.8). Ele é o Senhor todo poderoso, não somente aos sábados, pois todos os dias são Dele, e Ele não deseja nem pede sacrifícios, quer somente obediência, pois, Ele, é a Graça, o favor imerecido, e tudo se encerra Nele, todas as leis, foram simplesmente protecionistas e sombra do que havia de vir.
"Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos." (Oséias 6.6). E mais: "Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.” (Mateus 9.13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta postagem realmente é muito forte, sendo assim, te convido a ler e meditar no seu conteúdo e depois, peço-te, deixe ai seu comentário, sua crítica, seu recado, sua opinião... E compartilhe em sua rede social.
Pois assim você estará me ajudando a melhorar este espaço!
(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se.
(2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. não venha me criticar por falar contra aqueles que penso serem enganadores e falsos profetas.
Sinta-se em sua casa! Ou melhor, em seu blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥