Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

30/06/2014

Estudo bíblico: O MODELO DO VERDADEIRO PENTECOSTE (Pr. Antônio Gilberto)




Prosseguindo o tema da postagem anterior (o verdadeiro pentecostes), publico aqui um estudo completo do Pastor Antônio Gilberto, que mostra para nós as características do pentecostes genuíno).



“O modelo do verdadeiro pentecoste."

Estudo sobre a experiência de Atos 2 e as características do genuíno Pentecoste nas Sagradas Escrituras.

Estamos na era dos substitutivos,do artificialismo e das aparências;a era dos plásticos,dos “aglomerados” e dos sabores artificiais.
E no campo espiritual não é diferente.Vivemos em um tempo marcado por imitações,inovações,falsificações,misticismo e mudanças injustificáveis dentro das igrejas.
A Palavra de Deus fala claramente sobre mudanças indevidas e seus resultados funestos. Paulo falou sobre isto na sua carta aos romanos.”E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível,e de aves,e de quadrúpedes e de répteis (...) pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador ,que é bendito eternamente. AMÉM.. Pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural,no contrario à natureza ; Rm 1.23,25-26.
O Profeta Daniel também nos fala de mudanças que serão realizadas pelo antecristo. “E PROFERIRÁ PALAVRAS CONTRA O ALTÍSSIMO, E DESTRUIRA OS SANTOS DO ALTÍSSIMO,E CUIDARÁ EM MUDAR OS TEMPOS, E A LEI ; E ELES SERÃO ENTREGUES NA SUA MÃO POR UM TEMPO, E TEMPOS, E METADE DE UM TEMPO”,Dn 7.25.
Algumas mudanças condenáveis que vemos nos dias de hoje são a Teologia da libertação, o culto à prosperidade e a transformação indevida de fatos e eventos bíblicos em doutrina.
O Apóstolo Paulo nos alerta quanto a falsificar a Palavra de Deus:”Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim recomendamos à conciência de todo homem , na presença de Deus , pela manifestação da verdade”2 co 4.2                                                                                                                                               
Tendo em vista a condição hodierna e o que nos diz as Sagradas Escrituras, urge enfatizarmos a necessidade da busca do padrão bíblico para a IGREJA.
Paulo exorta Timóteo a guardar o ensino da palavra de Deus transmitido por ele.” Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido , na fé e na caridade que há em Cristo Jesus.”2Tm 1.13.
Assim como Moisés , que ordenou que se fizesse o Tabernáculo conforme o modelo que lhe foi entregue por Deus no monte , devemos observar à risca o padrão bíblico para a Igreja pois a Palavra de Deus é nosso manual de vida , nossa única regra de fé e pratica.
“Os quais servem de exemplar e sombra das coisas celestiais, como Moisés divinamente foi avisado ,estando já para acabar o Tabernáculo ; porque foi dito : Olha , faze tudo conforme o modelo que no monte se te mostrou”,Hb8.5.
Paulo , em 1 Co 3.10 e 13,falou sobre a importância de termos cuidado com a forma como edificamos.

      Características do verdadeiro avivamento
Há 14 palavras-chaves (ou frases) em Atos 2. Essas expressões marcaram o primeiro pentecostes, indicando fatos que devem acompanhar o verdadeiro Pentecostes atrvés dos tempos.
Vejamos uma por uma:

Pentecostes- “E cumprindo-se o  dia de Pentecostes”,At 2.1.
Em Levítico 23 , Deus estabeleceu sete festas sagradas para Israel observar , as quais prefiguravam de antemão todo o curso da História da IGREJA. Essas festas sagradas falam também do caráter alegre que iria caracterizar a IGREJA. Festa presupõe alegria . Lembremo-nos que Jesus sempre foi homem alegre, apesar de viver à sombra da cruz!
Das sete festas sagradas de Israel , a quarta era a de Pentecostes (Lv 23.1-16) ,também chamada de Festa da Semanas (Dt 16.10). A Festa de Pentecoste ocorria no terceiro mês (Sivã) e durava um dia .Dia seis de Sivã, que corresponde mais ou menos ao nosso mês de junho.
A Festa de Pentecostes era precedida por três outras Festas conjuntas : a Páscoa , em 14 de Abibe ;Festa dos Pães Asmos , de 15 à 22 de Abibe. As três levavam oito dias e eram celebradas no mês de Abibe,que é o primeiro mês do calendário sagrado de Israel .O primeiro mês do calendário civil era Tisri,, que corresponde mais ou menos ao nosso mês de outubro.
A Festa de Pentecostes era seguida por três outras festas : Festa das Trombetas , no primeiro de Tisri ; Expiação , em 10 de Tisri ; e Festa dos Tabernáculos , de 15 à 21 de Tisri . As duas primeiras duravam apenas um dia cada uma ,enquanto a última durava sete dias . O dia da segunda também era conhecido como “O Grande Dia da Expiação”. Como pode se ver , essas três festas ocorriam no mesmo mês,Tisri, o início do ano civil de Israel.
Pentecostes era a festa central das sete que o Senhor determinou para Israel  observar em Levíticos 23 . São 3+1+3. Essa centralidade fala da importância do batimo no Espírito Santo para a IGREJA, e do equilíbrio espiritual que  dele resulta.
Ninguém sabe ao certo o dia de natal de C risto , nem o dia de sua morte , mas todos sabemos o dia da sua ressurreição( primeiro dia da semana) , bem como o Dia de Pentecostes (o quinquagésimo dia após a Festa das Primícias ) . Assim , a Festa de Pentecostes era uma profecia : 7x7 semanas + 1 dia= 50 dias , a contar da Festa das Primícias (Lv 23.15 ) , a qual falava da ressurreição de C risto (1 C o 15.20 ).
“ MAS , AGORA , CRISTO RESSUCITOU DOS MORTOS E FOI FEITO AS PRIMÍCIAS DOS QUE DORMEM”.
Essa colocação das festas também nos mostra que sem Páscoa , isto é , sem o Cordeiro de Deus , morto não teríamos Pentecostes.                                                                                                                                                                                                                                
Recapitulando ,a Páscoa era celebrada primeiro(14 de Abibe – um dia ) , sendo seguida por Pães Asmos , (15 à 21 de Abibe – sete dias ) e Primícias (16 de Abibe – um dia ). Primícias e Pães Asmos , portanto , eram festas conjuntas .
Vejamos algumas particularidades sobre a Festa das Primícias e a de Pentecostes , conforme Levítico 23.9-14.
Na Festa das Primícias era movido perante o Senhor um molho (feixe) de espigas de trigo(Lv 23.10-11). Na Festa de Pentecostes eram movidos perante o senhor dois pães de  trigo (Lv 23.15-17).
Isso falava da IGREJA que seria formada de judeus e gentios , formando , assim , um só corpo – o Corpo de C risto (Ef 2.14; Jo 11.25 ) . O feixe de espigas fala de união , mas os pães vão além , eles falam de unidade ( Ef 4.3 ) . Em um feixe de espigas , os grãos estão simplesmente presos às espigas , porém isolados uns dos outros . Em um pão é diferente o trigo é o mesmo , mas os grãos passaram por um multiforme processo e formam agora um todo , um corpo único . O derramamento pentecostal fez isso na formação da IGREJA em Atos 2 , e quer continuar a fazer o mesmo hoje.

Todos- “ Todos reunidos no mesmo lugar”. At 2.1 “ Todos foram cheios do Espírito Santo”,At 2.4 ,”Do meu Espírito derramarei sobre toda a carne” At 2.17. “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”,At 2.21 .” Todos os que estão longe :tantos quanto ...”,At 2.39. “Em toda alma havia temor”,At 2.43. “ Todos os que criam estavam juntos”,At 2.44 ,”TODOS e´uma palavra inclusiva . Isso indica que todos os salvos são candidatos ao batismo no Espírito Santo.
A salvação não é o batismo no Espírito Santo. Este deve seguir á salvação .
Os discípulos do Senhor , juntamente com as mulheres , Maria e outras mais (At 1.13-14) ,já eram salvos antes do dia de Pentecostes. A Palavra de Deus elimina qualquer dúvida nesse sentido        (Jo 14.17 ; At 2.18 , 38-39 e 19.2) .    
Reunidos- “ Todos reunidos no mesmo lugar”, At 2.1. Isso significa não só união , mas unidade no Espírito Santo . Acabaram-se as diferenças pessoais e ali estavam todos juntos , reunidos .
Pedro ,João , Tiago ,Tomé ,Felipe ,todos unidos.

Céu- “Veio do céu”, At 2.2 . O que está ocorrendo em sua vida , igreja ou movimento religioso vem mesmo do céu ? Ou vem simplesmente dos homens ?” Enganoso é o coração , mais do que todas as coisas e perverso ; quem o conhecerá ? ( Jr 17.9 ) . Ou será que vem do astuto enganador ?
Jesus , antes de ser ascendido ao céu , se referiu ao derramamento do Espírito da seguinte forma: “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai : ficai , porém , na cidade de Jerusalém , até que do alto sejais revestidos de poder” (Lc 24.49 ) . Quando a experiência de Pentecostes se repitiu na casa de Cornélio , Pedro frisou  que ela se deu  “ como no princípio “( At 11.15 ) . Paulo exorta sobre o perigo de recebermos “outro espírito “ de falsos profetas . ( 2 C o 11.4 ).
                                                                                                                                                                                                          
Som- “ Veio do céu um som “, (At 2.2 ) .O Espírito Santo veio primeiramente como um som , Para quê ? Para despertar os dormentes , acordar do sono espiritual , alertar do perigo , avisar , convocar para o trabalho , reunir ( 1 C o 14.8 ) e para a igreja louvar a Deus com “música de Deus “ (1 C o 16.42 e C l 3.16 ).

Vento-  “ Som como de um vento veemente e impetuoso “, (At 2.2 ) . O texto esclarece que não ouve vento mesmo , só seus efeitos sonoros . Vento fala de muitas coisas :
a)       Força impulsora como nas velas de um barco e nos moinhos.
b)       O vento separa a palha do grão (Sl 1.4  e Mt 3.12 ). Ele separa o leve do pesado.
c)        O vento move e movimenta águas e árvores.
d)       O vento fertiliza , levando o pólen , a vida ( Ct 4.16 e Jo 3.5,8 ).
e)        O vento limpa árvores e campos .
f)        O vento não tem cor , logo pode significar também a ausência de favoritismo , individualismo e discriminação .
g)       O vento não pertence a um clima único , ele é universal .
h)       O vento move-se continuamente ( Ec 1.6  e Gn 1.2 ).
i)        O vento não tem cheiro mas espalha perfume .Aqui podemos lembrar do papel do incenso no Tabernáculo.
j)        O vento quando se move é infalivelmente sentido , notado .
k)       O vento refresca e suaviza o calor .
l)        O vento ( ar ) alimenta e vivifica  pulmões e a vida orgânica . Em Ezequiel 37.8-10 , vemos nos corpos  ossos , nervos , carne , pele , mas não vida , até que o Espírito soprou sobre eles. Aleluia ! Há muitos crentes por aí que tem sobra de “ossos “ ,”nervos “, “carne”,” pele” , mas falta a vida abundante do Espírito.
m)     O vento é misterioso ( Jo 3.8 ) . Devemos ter cuidado com as falsificações , com os ventos nocivos (Mt 7.25 e Ef 5.14 ).
                    
Casa- “ E encheu toda a casa “ , At 2.2 . A família cristã cheia do Espírito Santo tem um papel muito importante para a igreja . A família é a primeira instituição divina na terra . Foi por meio dela que o Senhor fundou a nação que o Messias ao mundo e também dela serviu-se para que nascesse o Messias. O Diabo luta com todas as suas hostes para destruir a família na face da Terra , inclusive dentro da igreja , mas o Senhor tem provido salvação para a família . Antes de julgar o mundo com um dilúvio , Deus proveu salvação para Noé e sua família ( Gn 6.18 ) . Na noite em que Deus julgou os egípcios , os israelitas foram milagrosamente salvos pelo sangue do cordeiro .
      Ali , Deus instruiu cada  família a tomar um cordeiro para si ( Ex 12.3-4 ) . “Serás salvo tu e tua casa” é uma promessa de Deus para os chefes de família (At 16.31 ) e na promessa pentecostal toda a família está incluída ( At 2.17 ).
                                                                                                                                          
           Línguas-“ Línguas repartidas como que de fogo “ , At 2.3 . O verdadeiro Pentecoste tem algo para se ouvir do céu ( “ veio do céu um som “ ) ,algo para se ver do céu ( “ foram vistas por eles línguas “ ) e algo para se repartir do céu ( “ línguas repartidas “ ) . Devemos observar algumas características das línguas estranhas:
a)       Línguas estranhas não precedem o derramamento do Espírito , mas seguem-se a ela. “Foram cheios do Espírito Santo , e passaram a falar em outras línguas .
b)       Línguas no derramamento espiritual indicam o evangelho falado , pregado , cantado , comunicado . Porém são línguas “ como que de fogo “, não línguas de flores .
c)        Vários dons do Espírito Santo são exercidos através da língua , da fala .
d)       Deus usou as línguas estranhas como sinal externo do batismo no Espírito Santo para demonstrar sua inteira posse e controle da nossa língua ao batizar-se ( Tg 3.8 ) .
e)        Línguas estranhas como evidência física inicial do batismo no Espírito Santo ( Veja a lei da primeira referência , comparando Atos 2.4 , 10.44-46 e 11.15 ) .
f)        Línguas estranhas como um dos dons do Espírito Santo ( 1 C o 12.10 ,30 ) .
g)       Dons espirituais podem ser concedidos por Deus no momento do batismo no Espírito Santo ( At 2.17 e 19.6 ).
           É importante ensinarmos nas igrejas a doutrina do batismo no Espírito Santo.

         Fogo- “Línguas como que de fogo “ , At 2.3 . Esse fogo que nos fala o texto sagrado é sobrenatural, celestial .
         Não é fogo estranho . Vejamos algumas características do fogo , e que podem ser aplicadas no campo espiritual:
a)       O fogo alastra-se , comunica-se .
b)       O fogo purifica . Contra impureza espiritual ,a principal força é o Espírito Santo .
c)        O fogo ilumina . É o saber , o conhecimento das coisas de Deus.
d)       O fogo aquece . A Igreja é o corpo de C risto . Todo corpo vivo é quente .
e)        O fogo , para queimar bem , depende muito da madeira , se ela é boa ou ruim .
f)        O fogo tanto estira o ferro duro como a roupa macia .
g)       Foi o fogo do céu que fez do templo de Salomão a casa de Deus . Nós somos templo do Espírito Santo ( 2 C r 7.1 e 1 C o 3.16 ).
h)       “ Quem nasce sob o fogo não esmorece sob o sol .

          Cheios-“E todos foram cheios do Espírito Santo “ ,At 2.4 .Quanto mais cheia e mais alta , mais pressão e peso tem a caixa d’água . Assim é com o crente cheio do Espírito Santo.
         Lembremo-nos que não é só o crente fica cheio , o ambiente também : a casa -  “ E encheu-se toda a casa “ , At 2.2 . Outra coisa a se observar é que os símbolos e figuras manifestos no dia de Pentecostes falam de poder , como fogo e vento . Poder , energia e força nós usufruímos , embora não saibamos defini-los plenamente ( Jo 3.8 ) .
           

           Nações-“ Todas as nações que estão debaixo do céu” ,At 2.5 . Jesus já havia feito uma declaração em Atos 1.8 sobre o revestimento de poder e a evangelização de todos os povos . Em Marcos 16.15 , Jesus também fala de evangelização e missões . O verdadeiro movimento pentecostal terá que ser um movimento missionário .Deve ser um movimento que ora por missões , contribui para missões , promove missões e vai ao campo missionário . A igreja que não evangeliza breve deixará de ser evangélica. Para os que pensam em missões , é importante lembrar a relevância da compreensão do fenômeno da transculturação hoje .  

            Zombaria – “ E outros, zombando, diziam : Estão cheios de mosto”, At 2.13. Esses zombadores não eram pessoas ímpias. Eram pessoas religiosas. Hoje acontece a mesma coisa. Zombadores e críticos religiosos se levantam contra o genuíno derramamento do Espírito. Judas alertou quanto a isso: “Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo, os quais diziam que no último tempo haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências. Estes são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito”. Jd 17-19.
            Quando não aparece um Judas, traidor, do lado de dentro, aparece um Pilatos do lado de fora, ainda se defendendo, mas devemos fazer como Jesus: fazer a obra que Deus nos confiou, porque críticos e zombadores sempre teremos aqui.

            Pedro – “ Pedro, porém, pondo-se em pé “, At 2.14. Vemos, aqui, o homem de Deus na disposição da graça. Se analisarmos Pedro antes e depois do Pentecostes, vamos notar uma mudança enorme em sua vida. Dali para frente, Pedro jamais mudou ( 1 Pd 1 1-5 e 2. 4-5 ). Aqui,, é importante frisar o cuidado da igreja com a teologia modernista, liberalista e especulativa, que está permeando o mundo e procura mudar o perfil da Igreja.

            Palavra de Deus – “ Pedro disse-lhes: Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel”, At 2.14-15. No dia do Pentecostes, a primeira pregação da Igreja foi pura exposição da Palavra de Deus ( At 2. 16-36).
            Nosso ministério e nossa congregação experimentam um abundante e poderoso ministério da Palavra? A pregação e o ensino fundamental têm endereço certo: o coração do ouvinte. “ E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração” At 2.37. Há atualmente um esvaziamento da Palavra de Deus no  púlpito de inúmeras igrejas. E como está a sua igreja neste particular? O tempo que deveria ser da Palavra de Deus é ocupado por música, canto profissional ( não genuíno louvor ) e atividades sociais, restando apenas alguns minutos para a pregação da palavra de Deus? É a falta da Palavra que gera elevado número de retardados espirituais nas igrejas.
            É preciso vigilância com os chamados hinos especiais duplos e triplos de cantores, conjuntos e corais em nossos cultos. Devemos atentar para a dosagem e equilíbrio na adoração a Deus ( Ex 30. 34-38 e Cr 29.27 ). Devemos considerar a expressão “ porão em ordem “, em se tratando de holocausto ao Senhor ( Lv 1. 7-8, 12 e 1 Co 14.40 ).

Considerações para o genuíno Pentecostes

         Vejamos agora algumas das coisas que ocorreram no primeiro Pentecostes:
a)       Obediência à vontade do Senhor ( Lc 24.49 e At 1.12-14 ) – A desobediência é um  entrave à operação divina. ( At5.32 ).
b)       União e unidade entre os crentes ( At 1.14, 2.1 e Ef 4.3 ) – Pensemos em João, Pedro, Tomé e outros naquele dia. Apesar de todas as suas diferenças, estavam todos reunidos e unidos.
c)        Oração perseverante e unânime ( At 1.14 ).


Conservando o Pentecostes

Na Lei havia apagador de fogo ( Êx 25.38 ), mas na Graça não há ( Mt 12.20 ). “Não apagueis o Espírito”. 1 Ts .5:19. A conservação do Pentecostes vem pela constante renovação espiritual do crente. Tito 3.5 nos fala da regeneração seguida de renovação: “ Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo”.
Há vários textos bíblicos no Novo Testamento que nos falam sobre a renovação espiritual do crente: At 4.8,31; 6.3 ; 7.55; 11.24 ; 13.9;13.52; Rm 12.2; 2Co 4.6; Ef 4.32; 5.18 e Cl 3.10. No Antigo Testamento, quanto à vida espiritual renovada, temos o exemplo de Davi: Sl 92.10; 103.5; 104.30;119.25,37, 40,50, 88,98,97,154,156 e 159.

Sobre o Batismo no Espírito Santo

O derramamento do Espírito sobre o crente é chamado de batismo ( At 1.5 e Mt3.11 ). Em todo batismo tem que haver três condições: o candidato a ser batizado, o batizador e o elemento em que o candidato vai ser imerso. No batismo com o Espírito Santo, o candidato é o crente, o batizador é o Senhor Jesus e o elemento ou meio em que o crente é imerso é o Espírito Santo.
Há diferença em ser cheio do Espírito Santo e ser batizado no Espírito Santo. Uma garrafa pode ser cheia de água e não estar batizada com água. Ela estará cheia e batizada quando estiver cheia d’água e imersa na água ( Dt 34.9; Mq 3.8 e Lc 1.67 ).
Por fim, um esclarecimento sobre a passagem de João 20.22; o texto não se refere ao batismo pentecostal. Temos o primeiro sopro divino vivificando e animando o homem material – Adão em Gênesis 2.7. O segundo sopro divino, vivificando e animando o homem espiritual, o crente é o registrado em João 20.22. O terceiro sopro divino é o batismo pentecostal, capacitando o crente para o serviço do Senhor ( At. 1.8). O primeiro homem, o homem natural, adâmico, teve uma vocação terrena ( 1Co 15.47 ). O novo homem, criado em Cristo ressurreto, tem uma vocação espiritual, celestial, santificante ( Hb 3.1 e Ef 4.24).


PASTOR ANTÔNIO GILBERTO
Ministro do Evangelho, Consultor Doutrinário e Teológico da CPAD. Formado em Psicologia, Teologia, Pedagogia e Letras, autor de vários livros; editor da Bíblia de Estudo Pentecostal em português, sucesso em todo o Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta postagem realmente é muito forte, sendo assim, te convido a ler e meditar no seu conteúdo e depois, peço-te, deixe ai seu comentário, sua crítica, seu recado, sua opinião... E compartilhe em sua rede social.
Pois assim você estará me ajudando a melhorar este espaço!
(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se.
(2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. não venha me criticar por falar contra aqueles que penso serem enganadores e falsos profetas.
Sinta-se em sua casa! Ou melhor, em seu blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥