Para a glória de Deus!

Para a glória de Deus!

22/06/2014

Mudança de paradigma

Para dizê-lo em fórmula moderna: entre Jesus e Paulo houve uma “mudança de paradigma”. Somente partindo deste caminho e tendo sempre isso em mente, podemos definir corretamente a relação entre Paulo e Jesus. Qual a logia adotado por Paulo na pregação do Evangelho.
Para esta analise, convém tornar claro o sentido de 2ª Co 5.16. A passagem diz: “Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo”. Este texto, que trata com desdém do “reconhecimento”.
Antes da conversão de Paulo, ele havia decidido que Cristo não podia ser, de modo nenhum o Messias. Entretanto, a sua concepção de Cristo era baseada em conhecimento carnal. Sua visão mudou radicalmente quando ele encontrou Cristo face a face na estrada para Damasco (At 9.4). Em Cristo, a nova fórmula de conhecimento é de natureza espiritual. Paulo argumenta que a sabedoria espiritual não avalia as pessoas com base na aparência exterior, como os coríntios costumavam fazer. Portanto, pedia a eles que descartassem seu velho e carnal modo de avaliação para que, então, pudessem avaliar os outros de acordo com a sua nova natureza dada por Cristo (2ª Co 1.12).
Em 2ª Co 5.16, não se fala do Jesus terreno ou de Jesus histórico em contraposição ao Cristo exaltado, mas antes se julga acerca de um determinado modo de conhecimento. O objeto do mesmo é o Cristo na sua unidade como terreno e exaltado. O modo de conhecimento que Paulo depreciava antes da sua conversão, era aquele meramente humano e sem fé, em posição ao modo espiritual, no qual exatamente ele conhece agora, é o Cristo “no qual estava Deus”, enquanto “aquele que não conhecera pecado, Deus o fez pecado por causa de nós” (2ª Co 5.19-21). Agora Paulo conhece um Jesus soteriológico e prega a remissão dos pecados com base em seu sangue.
A razão de expressarmos o contexto histórico do perseguidor Saulo e do perseguido Paulo, é de suma importância para entendermos a teologia defendida por Saulo, com base na “Lei”, e a nova teologia pregada por Paulo, com base na graça salvífica.
“Não me atrevo a falar de nada, exceto daquilo que Cristo realizou por meu intermédio em palavra e em ação, a fim de levar os gentios obedecerem a Deus, pelo poder de sinais e maravilhas e por meio do poder do Espírito de Deus” (Rm 15.18).
Aparentemente, isso significa que Paulo falara sobre coisas que Cristo fez através dele, por palavra e ações, isto é, pela proclamação da verdade, por sua demonstração em milagres e respostas poderosas à oração e em seu próprio exemplo de vida semelhante a Cristo. A pregação de Paulo foi confirmada por sinais e prodígios perante os olhos daqueles que o ouviam:
“Por força de sinais e prodígios, pelo poder do Espírito Santo; de maneira que, desde Jerusalém e circunvizinhanças até ao Ilírico, tenho divulgado o evangelho de Cristo” (Rm 15.19).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esta postagem realmente é muito forte, sendo assim, te convido a ler e meditar no seu conteúdo e depois, peço-te, deixe ai seu comentário, sua crítica, seu recado, sua opinião... E compartilhe em sua rede social.
Pois assim você estará me ajudando a melhorar este espaço!
(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se.
(2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. não venha me criticar por falar contra aqueles que penso serem enganadores e falsos profetas.
Sinta-se em sua casa! Ou melhor, em seu blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ao redor do mundo...

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

MENSAGENS DO MILTON RABAYOLI

FIQUE A VONTADE... SINTA-SE COMO SE ESTIVESSE EM SEU PRÓPRIO BLOG...

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ E VOLTE SEMPRE! ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥